domingo, outubro 24, 2021
InícioSem categoriaTrio relembra decisão de 2011

Trio relembra decisão de 2011

Enquanto se preparam para o clássico desta sexta-feira (16) contra o Uruguai, três jogadores da Seleção Brasileira lembram com carinho de outro confronto com os vizinhos. Danilo, Alex Sandro e Neymar estavam em campo no 6 a 0 de 2011, que garantiu o título do Sul-Americano Sub-20 daquele ano ao Brasil.

Com uma atuação fantástica, o time dirigido por Ney Franco não deu chances aos uruguaios e conquistou o troféu com uma goleada. A partida foi considerada a decisão do torneio, pois apesar de tratar-se de um hexagonal de pontos corridos, o Brasil precisava da vitória naquele último jogo para ficar com o título. A Argentina e os próprios uruguaios também tinham chances de ficar com a taça.

Autor de um dos gols na vitória, o lateral-direito Danilo lembra com clareza das condições em que aquela partida foi disputada. Para ele, foi inesquecív

Enquanto se preparam para o clássico desta sexta-feira (16) contra o Uruguai, três jogadores da Seleção Brasileira lembram com carinho de outro confronto com os vizinhos. Danilo, Alex Sandro e Neymar estavam em campo no 6 a 0 de 2011, que garantiu o título do Sul-Americano Sub-20 daquele ano ao Brasil.

Com uma atuação fantástica, o time dirigido por Ney Franco não deu chances aos uruguaios e conquistou o troféu com uma goleada. A partida foi considerada a decisão do torneio, pois apesar de tratar-se de um hexagonal de pontos corridos, o Brasil precisava da vitória naquele último jogo para ficar com o título. A Argentina e os próprios uruguaios também tinham chances de ficar com a taça.

Autor de um dos gols na vitória, o lateral-direito Danilo lembra com clareza das condições em que aquela partida foi disputada. Para ele, foi inesquecível conquistar um título naquelas circunstâncias. “Lembro bem do meu gol, que foi uma jogada de um contra um e eu tive a felicidade de entrar na área e chutar cruzado, mas também me recordo que o campo estava cheio de lama por conta das chuvas. Ganhamos na qualidade, mas também na raça”, recordou.

Para Neymar, aquele título em cima dos uruguaios também foi determinante. Ele, que marcou dois gols na decisão e foi artilheiro da competição com nove, nunca mais voltou à Sub-20 e passou a ser nome certo nas convocações da Seleção Principal com apenas 19 anos. “Foi diferente esse jogo, porque apesar de ser uma fase final de pontos corridos, ele acabou virando a final do campeonato. Sabíamos que só a vitória interessava e já entramos com tudo. Se não me engano, terminamos o primeiro tempo com 2 a 0 e no segundo fizemos os outros quatro”, lembrou.

Na época, o trio formado por Danilo, Alex Sandro e Neymar jogava junto no Santos. Após o título, eles seguiram direto para a disputa da Copa Libertadores, juntamente com Alan Patrick, que também fazia parte daquele grupo. Casemiro, Lucas, Oscar, Willian José e o volante Fernando são outros nomes que estavam em campo naquele jogo e que já frequentaram a Seleção Principal.

Pelo lado do Uruguai, três jogadores convocados para este amistoso de sexta-feira também estavam em campo naquela partida. Os meias Vecino e Mayada, além do atacante Jhonatan Rodriguez. (Fonte: CBF).

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!