quinta-feira, outubro 21, 2021
InícioSem categoriaPRF apreende quase 200 mil litros de etanol com notas fiscais falsificadas,...

PRF apreende quase 200 mil litros de etanol com notas fiscais falsificadas, na Rio-Santos

Quatro carretas carregadas com quase 200 mil litros de etanol foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O combustível era transportado com notas fiscais falsificadas. O flagrante aconteceu na Rodovia Rio-Santos, em Angra dos Reis, na madrugada de sábado (14).
Durante a madrugada, os policiais abordaram dois veículos-tanque transportando 105 mil litros de etanol. Após consultarem a Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (SEFAZ/RJ), confirmaram que havia inconsistências nas notas fiscais apresentadas.
Algumas horas depois, no início da manhã, mais duas apreensões de 45 mil litros cada. Em todos os casos, as notas fiscais apresentadas possuíam inconsistências nos dados, com indícios de falsificação. No total, foram apreendidos 195 mil litros. O etanol seria distribuído em postos de combustíveis da capital fluminense.

Quatro carretas carregadas com quase 200 mil litros de etanol foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O combustível era transportado com notas fiscais falsificadas. O flagrante aconteceu na Rodovia Rio-Santos, em Angra dos Reis, na madrugada de sábado (14).
Durante a madrugada, os policiais abordaram dois veículos-tanque transportando 105 mil litros de etanol. Após consultarem a Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (SEFAZ/RJ), confirmaram que havia inconsistências nas notas fiscais apresentadas.
Algumas horas depois, no início da manhã, mais duas apreensões de 45 mil litros cada. Em todos os casos, as notas fiscais apresentadas possuíam inconsistências nos dados, com indícios de falsificação. No total, foram apreendidos 195 mil litros. O etanol seria distribuído em postos de combustíveis da capital fluminense.

SONEGAÇÃO FISCAL

Em 2019, nas rodovias federais do Rio de Janeiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 2,3 milhões de litros de combustíveis. A mercadoria apreendida era transportada com irregularidades nas documentações fiscais. Sonegação, adulteração e outras fraudes geram grande prejuízo também para os consumidores. A origem e qualidade do produto é duvidosa e pode trazer danos aos veículos que o utilizam.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!