Operação conjunta combate atividades criminosas em Itaguaí e Seropédica

Diversos órgãos públicos e forças policiais do Estado do Rio de Janeiro, como o 24º BPM (Queimados), deflagraram na manhã desta quarta-feira (25) uma operação conjunta em diferentes localidades de Itaguaí e Seropédica. A ação resultou em detenções e apreensões.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar, a operação – já dada como encerrada – teve o objetivo de combater o crime organizado responsável pelos ataques de segunda (23) que causou prejuízos por conta de 35 ônibus e um trem incendiados na Zona Oeste da capital. A ação criminosa foi uma reação à morte do miliciano Matheus da Silva Rezende, conhecido como Faustão, horas antes, durante confronto com a Polícia Civil

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
As equipes também apreenderam diversos veículos de transporte alternativo irregular (Divulgação)

Ainda segundo a PM, as diligências da operação conjunta ocorreram nos bairros Chaperó, Mangueira, Reta, Ponte Preta e Mazomba, em Itaguaí, e Canto do Rio, em Seropédica. O balanço da operação, até o momento, foi o seguinte: nove ocorrências registradas; 10 pessoas conduzidas a delegacias da região; e apreensão de 32 botijões de gás, 894 maços de cigarro, duas máquinas caça-níqueis, uma motocicleta, nove veículos de transporte alternativo irregular e um animal silvestre.

LEIA MAIS

Seropédica: UFRRJ retoma aulas presenciais após ataques de milicianos

Seropédica: casal é preso acusado de levar munições a traficantes do Rio

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Homem é alvejado e morre em Sushi Bar no Centro de Itaguaí

O ATUAL entrou em contato com a Polícia Civil a fim de apurar a situação das pessoas detidas – se permaneceram presas ou foram liberadas após depoimento – e para quais delegacias especificamente cada uma foi encaminhada. Até o fechamento desta amtéria, porém, não houve retorno. A reportagem atualizará o texto caso haja resposta.

Além de policiais militares do 3º CPA (Comando de Policiamento de Área) do 24º BPM, também participaram da operação agentes do CPAm (Polícia Ambiental da Polícia Militar); da 8ª DPJM (Delegacia de Polícia Judiciária Militar); da DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente); do Inea (Instituto Estadual do Ambiente); da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis); do Detro (Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro); e da DRCPIm (Divisão de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial).

Luiz Maurício Monteiro

Repórter com mais de 15 anos de trajetória e passagens por diferentes editorias, como Cidade, Cultura e Esportes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
/* */