domingo, agosto 14, 2022
InícioDestaqueMangaratiba: prefeitura embarga estaleiro clandestino em Itacuruçá

Mangaratiba: prefeitura embarga estaleiro clandestino em Itacuruçá

O estabelecimento fica dentro de um mangue em área de preservação ambiental, o que é contra a lei

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Mangaratiba (SMMA) embargou um estaleiro clandestino na terça-feira (26), em Itacuruçá. O local funcionava dentro de um manguezal, em área de proteção ambiental.

A equipe de fiscalização da SMMA chegou até o estaleiro após receber uma denúncia anônima. Em informe à imprensa, a prefeitura listou as irregularidades: construções em solo não edificável, cortes de árvores, descarte irregular de resíduos sólidos poluentes e construção civil dentro de mangue.

Segundo o Secretário municipal de Meio Ambiente, Antônio Marcos Barreto, os crimes ambientais flagrados possuem ação poluente de alto impacto.

“Mangues são áreas de proteção permanente. O crime praticado por esse estaleiro clandestino, ameaça a biodiversidade e dezenas de espécies existentes ali. O impacto ambiental era imenso”, explicou.

Veja mais de:
Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!