sábado, outubro 23, 2021
InícioItaguaíGuardas patrimoniais participam de solenidade na UFRRJ

Guardas patrimoniais participam de solenidade na UFRRJ

RECEPÇÃO A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro realizou, na terça-feira, uma recepção para os novos vigilantes da instituição vindos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de Belo Horizonte.

Ao todo, serão 214 novos servidores movimentados que integrarão o quadro da Divisão de Guarda e Vigilância (DGV) nos quatro campus, que vão atuar na segurança, atendendo a uma demanda antiga da comunidade universitária.

A solenidade tinha por objetivo apresentar o ambiente universitário, tanto em relação à administração quanto na atuação junto aos estudantes.

“Hoje estão chegando aqui servidores qualificados, que já atuavam como agentes de vigilância na CBTU, então isso é um grande ganho para a Universidade. Teremos um período de adaptação e capacitação para que eles se ambientem à realidade universitária e depois

RECEPÇÃO A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro realizou, na terça-feira, uma recepção para os novos vigilantes da instituição vindos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de Belo Horizonte.

Ao todo, serão 214 novos servidores movimentados que integrarão o quadro da Divisão de Guarda e Vigilância (DGV) nos quatro campus, que vão atuar na segurança, atendendo a uma demanda antiga da comunidade universitária.

A solenidade tinha por objetivo apresentar o ambiente universitário, tanto em relação à administração quanto na atuação junto aos estudantes.

“Hoje estão chegando aqui servidores qualificados, que já atuavam como agentes de vigilância na CBTU, então isso é um grande ganho para a Universidade. Teremos um período de adaptação e capacitação para que eles se ambientem à realidade universitária e depois vamos distribuí-los pelos quatro câmpus. Em Seropédica, por exemplo, onde hoje há área ditas ‘inabitadas’, voltarão a ser habitadas. Teremos vigilantes próximos à ciclovia, ao pórtico, à entrada do ICHS, que são locais críticos que estavam descobertos. Em Seropédica serão cerca de 180 vigilantes que reforçarão também nosso sistema de controle de ocorrências, com o mapeamento de áreas conflituosas, onde identificamos as áreas críticas e alocamos esses servidores”, disse o chefe da DGV Renan Canuto.

O evento também contou com a participação do reitor Ricardo Berbara que iniciou a solenidade pedindo um minuto de silêncio pela destruição do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista. O reitor ainda falou da importância da chegada dos novos vigilantes. “O nível de violência vai diminuir bastante com a incorporação deste efetivo. Além disso, outras ações estão sendo realizadas para ter mais segurança no campus”, disse.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!