Formatação do Fórum Estadual de Agricultura em Seropédica é objeto de novo encontro

Uma nova reunião, na quarta-feira (23), deu mais um passo em direção ao Fórum Estadual sobre Alternativas e Perspectivas para o Desenvolvimento da Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, marcado para o dia 22 de setembro, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), entre 8h e 18h. O encontro reuniu secretários de Agricultura, Abastecimento e Pesca de municípios do estado do Rio e representantes de entidades como Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro, Emater, Embrapa, UFRRJ, Sebrae e Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro.

A reunião foi presidida pelo secretário de Indústria, Comércio, Ciência, Tecnologia e Inovação de Seropédica, Carlos Alberto Machado de Freitas, que falou sobre o esforço que ele e sua equipe tem dedicado para garantir a presença do maior número possível de autoridades, pesquisadores e palestrantes. Ele também fez um apanhado sobre a programação e informou que vai a Brasília na terça-feira (29), para uma possível audiência com o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, quando vai convidá-lo a estar presente em Seropédica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

ESFORÇO PARA SENSIBILIZAR GESTORES

Carlos Alberto Machado de Freitas enfatizou também que o principal objetivo do fórum é sensibilizar as autoridades envolvidas na agricultura, nas esferas federal, estadual e municipal, sobre a importância do setor para a economia do Rio de Janeiro e sobre o necessário estímulo para que cada município possa produzir aquilo que mais atenda às suas necessidades. Outra preocupação é fazer com que os gestores nos três níveis de poder sejam mais sensíveis no que tange aos orçamentos das secretarias municipais responsáveis pelo primeiro setor da economia.

O secretário insistiu que é necessário um olhar mais acentuado para a biodiversidade dos 92 municípios do estado. “Isso é preciso para que possamos transformá-los, a partir da agricultura e de recursos inovadores, em atividade rentável para os agricultores. É fundamental, quando se discute desenvolvimento territorial e de cadeias produtivas, considerar a perspectiva das pessoas que estão nesses territórios, bem como suas necessidades de regularizar suas terras”, enfatizou o secretário.

HOMENAGENS A GRANDES NOMES DA AGRICULTURA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Carlos Alberto Machado de Freitas informou ainda que durante o fórum serão prestadas homenagens as pessoas que se dedicaram e que ainda dedicam a vida à pesquisa e ao plantio e que buscam uma produção de alimentos com sustentabilidade. “Entre os homenageados destacamos a pesquisadora Johanna Döbereiner (in memoriam), cientista que revolucionou a agricultura com 50 anos de pesquisas, destacando-se nos anos de 1963 e 1969, quando poucos cientistas acreditavam que a fixação biológica de nitrogênio poderia competir com fertilizantes minerais. A doutora Johanna deu início a um programa de pesquisas sobre os aspectos limitantes da técnica em leguminosas tropicais”, concluiu ele.

Um audiovisual exibido na reunião trouxe conteúdo sobre homenagens que serão prestadas a grandes figuras na agricultura nacional

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
/* */