quinta-feira, dezembro 9, 2021
InícioSem categoriaThaisa analisa Itália e projeta: "Espero sair vencedora"

Thaisa analisa Itália e projeta: “Espero sair vencedora”

Meia da seleção feminina atua há um ano no Milan. Após experiência no futebol italiano, Thaisa projeta duelo com adversárias na última rodada da fase de grupos No Campeonato Italiana a meia Thaisa conquistou feitos inéditos. Ao lado das companheiras de equipe formou o primeiro time da história do Milan FC. A atleta também foi a primeira brasileira a atuar no clube. Após um ano “de muito aprendizado na Itália”, como ela mesma descreve, nesta terça-feira (18), a paranaense terá um desafio grande pela frente, buscar junto com as companheiras de Seleção a classificação para as oitavas de final em cima das italianas. Na equipe europeia, Thaisa terá como adversárias seis jogadoras de clube. Se no Italiano, juntas levaram a equipe ao terceiro lugar geral, desta vez, estarão em lados opostos e com interesses bem distintos.&nbs

Meia da seleção feminina atua há um ano no Milan. Após experiência no futebol italiano, Thaisa projeta duelo com adversárias na última rodada da fase de grupos

No Campeonato Italiana a meia Thaisa conquistou feitos inéditos. Ao lado das companheiras de equipe formou o primeiro time da história do Milan FC. A atleta também foi a primeira brasileira a atuar no clube. Após um ano “de muito aprendizado na Itália”, como ela mesma descreve, nesta terça-feira (18), a paranaense terá um desafio grande pela frente, buscar junto com as companheiras de Seleção a classificação para as oitavas de final em cima das italianas.

Na equipe europeia, Thaisa terá como adversárias seis jogadoras de clube. Se no Italiano, juntas levaram a equipe ao terceiro lugar geral, desta vez, estarão em lados opostos e com interesses bem distintos.  “Vai ser uma experiência diferente, será a primeira vez que jogarei contra elas. Mas dentro de campo é rivalidade, e eu espero sair vencedora”

Em um ano no Milan, Thaisa acredita que a escola italiana ajudou muito no seu futebol. Aos 30 anos, a meio-campista disputa a segunda Copa do Mundo da carreira. Esteve na campanha de 2015, além de ter participado dos Jogos Rio 2016. “Eu acho que o futebol italiano agregou no meu jogo a parte tática, eles têm algo a mais e são conhecidos pela tática. Esse estilo italiano eu aprendi e tem agregado muito no meu estilo de jogo. Acho que vai ser difícil, elas estão bem taticamente, mas nós temos muito potencial. A gente tem estudado muito elas e vamos determinadas para uma vitória”, conta a camisa 5 da Seleção.

Na Seleção Brasileira, Thaisa é a responsável por dominar o meio-campos ao lado de Formiga. Para esse duelo, no entanto, não terá a presença da companheira em campo. Após dois cartões amarelos, a camisa 8 do Brasil está suspensa da partida. “Eu tenho certeza que quem o professor Vadão escolher para a vaga vai dar  fazer o melhor. A gente tem tudo para conseguir essa vitória. A Formiga é uma perda grande, mas a gente está numa Seleção e acredito que quem está no banco também é bem competente para entrar e não deixar esse nível cair”, analisa Thais. (Fonte: CBF).

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!