quarta-feira, janeiro 26, 2022
InícioItaguaíSecretários do Meio Ambiente se reúnem para debater água e saneamento

Secretários do Meio Ambiente se reúnem para debater água e saneamento

Encontros periódicos são destinados a trocar informações e a fornecer orientação técnica para que municípios adotem políticas ambientais mais eficazes

O Comitê Guandu-RJ promoveu, na terça-feira (16), em Queimados, uma reunião de secretários e representantes da pasta de Meio Ambiente dos municípios de Nova Iguaçu, Queimados, Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Japeri, Piraí e Engenheiro Paulo de Frontin, além de representantes da Secretaria de Estado de Ambiente e Sustentabilidade (Seas) e da Alerj, no segundo Fórum de Secretários de Meio Ambiente da região hidrográfica II (Guandu-RJ) de 2019. O objetivo foi o de envolver os municípios na gestão das águas, apresentando projetos, recebendo demandas e construindo soluções para problemas nas áreas de saneamento, abastecimento, combate a incêndios e recuperação florestal, dentre outros.

Vice-prefeito de Queimados, Carlos Machado deu boas-vindas ao grupo, ressaltando a importância do debate em torno dos recursos hídricos e reforçou o compromisso da prefeitura com o Comitê e os municípios da área da Bacia do Guandu. Um dos primeiros pontos da pauta foi em relação aos Planos Municipais de Saneamento e de Resíduos Sólidos Integrados, que foi financiado pelo Comitê Guandu para alguns municípios da região, que ainda não haviam elaborado o documento. Patrícia Saldanha, superintendente de Resíduos Sólidos da Seas, informou que o órgão pretende entregar os planos até o próximo ano.

Especialistas da secretaria executiva do Comitê Guandu apresentaram aos secretários e representantes vários projetos em desenvolvimento, ressaltando que eles só terão êxito com o apoio dos municípios. Dentre eles estão o “Produtores de Água e Floresta” que garante o pagamento por serviços ambientais e já resultou na recuperação e conservação de mais de quatro mil hectares de Mata Atlântica; o “Saneamento Rural”; o “Raio X do Esgotamento”, que vai fazer um diagnóstico da situação atual da estrutura de esgotamento dos municípios e aportar recursos e técnicos para atendê-los; os editais de chamamento público para o financiamento de projetos de educação ambiental e para pesquisas, que juntos ultrapassam um milhão de reais; e o plano associativo de prevenção e combate a queimadas que, dentre várias ações, irá financiar equipamentos e suprimentos para guardas florestais e outros órgãos de atuação em incêndio nos municípios da bacia.

Secretário de Meio Ambiente de Piraí, Mário Luiz Dias Amaro disse que é importante articular, conhecer os projetos, fazer parte das ações que trarão benefícios a toda bacia e à sociedade, e conhecer também as ações dos outros municípios. “O Comitê é o fórum são propícios para essa discussão”, salientou ele, oferecendo o seu município para ser a sede do próximo encontro do Fórum.

Encontros serão regulares

Aproveitando a oferta do secretário de Meio Ambiente de Piraí, os representantes do Comitê Guandu informaram que encontros do gênero serão realizados regularmente com o objetivo de fortalecer a aliança e a troca de informações para que as ações sejam cada vez mais eficazes, recebendo a demanda dos municípios que conhecem a realidade de seus cidadãos. A secretária de Meio Ambiente de Queimados, Gabriele Cherincharo, falou sobre a importância dessa aproximação e do aporte, principalmente técnico, do Comitê. “Os municípios hoje, através do Fórum, no que tange aos recursos hídricos e suas questões como o saneamento, se sentem ouvidos. É importante ter o apoio técnico da equipe de especialistas do Comitê, que tem capacidade e expertise para atuar nessas pautas. Com essa união e sinergia, os municípios passam a ter mais força. Além disso, os projetos trazem benefícios diretos aos municípios da bacia”, explicou.

O próximo Fórum será realizado em novembro. A intenção do Comitê é realizar o encontro bimestralmente, convidando todos os quinze municípios da bacia, além de órgãos e atores que atuam no sistema de gerenciamento de recursos hídricos e meio ambiente, para participarem dos debates. Os encaminhamentos serão levados à plenária do Comitê, para que o colegiado dê andamento aos projetos e ações (Com informações do Comitê Guandu-RJ).

FOTOS DIVULGAÇÃO/ANTONIO MENDES/COMITÊ GUANDU-RJ
A SECRETÁRIA Gabriela Cherincharo classificou como importante o apoio do Comitê Guandu-RJ
Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!