terça-feira, dezembro 7, 2021
InícioSem categoriaPrefeito com sentimento de servidor

Prefeito com sentimento de servidor

COMPROMISSOS
Durante a posse, no último dia 20, uma das expressões mais ouvidas pelo prefeito de Mangaratiba, Alan Campos da Costa, durante as saudações que lhe foram dirigidas na solenidade no Clube Mangarás, era a de que não seria nada fácil a sua tarefa à frente do Poder Executivo da cidade, não apenas em razão da série de dificuldades que o município vinha atravessando em razão de uma permanente instabilidade política, como também pelo momento financeiramente desfavorável que atinge todo o país.

O cenário sombrio repetidamente ilustrado pelos oradores, contudo, não pareceu abalar as convicções do popularmente conhecido Alan Bombeiro, que em seus pronunciamentos iniciais como chefe do Executivo municipal se revelou inspirado numa forte confiança em Deus, na habitual devoção à prática religiosa e numa determinada vontade de inscr

COMPROMISSOS

Durante a posse, no último dia 20, uma das expressões mais ouvidas pelo prefeito de Mangaratiba, Alan Campos da Costa, durante as saudações que lhe foram dirigidas na solenidade no Clube Mangarás, era a de que não seria nada fácil a sua tarefa à frente do Poder Executivo da cidade, não apenas em razão da série de dificuldades que o município vinha atravessando em razão de uma permanente instabilidade política, como também pelo momento financeiramente desfavorável que atinge todo o país.

O cenário sombrio repetidamente ilustrado pelos oradores, contudo, não pareceu abalar as convicções do popularmente conhecido Alan Bombeiro, que em seus pronunciamentos iniciais como chefe do Executivo municipal se revelou inspirado numa forte confiança em Deus, na habitual devoção à prática religiosa e numa determinada vontade de inscrever seu nome na história pela forma diferente de fazer política, quebrando paradigmas na cidade.

A começar pelo inusitado traje de servidor público que envergou no dia da posse, aludindo à mensagem de que é, antes de tudo, um sujeito escolhido para estar prioritariamente a serviço da população, o comportamento de Alan Bombeiro teve mais uma ação emblemática ao convocar, para o mesmo dia da posse, uma reunião de trabalho buscando os rumos a seguir de modo a ter uma ideia geral de como anda a situação administrativa e financeira da cidade.

Na quarta-feira (21), dia seguinte ao da posse, ao acompanhar operários que atuavam no combate a alagamentos na Praia do Saco, ele demonstrou mais uma vez a disposição de imprimir um novo ritmo ao governo, com uma presença mais próxima e efetiva nas comunidades, abrindo caminho para que as ações do governos sejam mais rapidamente percebidas pela população, conforme discursou momentos após fazer o juramento e assinar o termo de posse, consolidando-se como uma nova oportunidade de esperança para os mangaratibenses.

A seguir alguns dos trechos mais importantes dos discursos do prefeito Alan Bombeiro durante a concorrida posse, bem como das respostas na entrevista que concedeu ao ATUAL, após se tornar efetivamente o primeiro mandatário da cidade. O “Servidor 01”, como se definiu na ocasião:

 

ESTRATÉGIA

É impossível mudar a cidade se não for pela moralização. Isso é fundamental para que possamos atender aos anseios dos moradores da cidade. A moralização machuca, mas resolve!

 

TRAJE DA POSSE

Vim com a camisa de servidor público porque o estrelismo tem que acabar e também para mostrar que o empenho pelo trabalho será uma marca de nossa administração.

NÃO À PERSEGUIÇÃO

Ou os colaboradores convidados para o nosso governo respeitem as pessoas ou não terão espaço em nosso governo.

 

MUDANÇAS

Os mangaratibenses podem esperar um novo tempo diferente de hoje, em que as pessoas estão tristes porque não conseguem sustentar suas famílias, porque estão à procura de emprego.

 

DETERMINAÇÃO

É uma promessa minha trazer desenvolvimento para Mangaratiba. Se não fizer isso não serei reeleito em 2020. Se não conseguir fazer isso eu peço para sair.

 

DESAFIOS INICIAIS

Tenho que enfrentar a questão do pagamento do duodécimo dos servidores. Peço paciência a todos, mas não vai faltar merenda nas escolas e nem remédios nos hospitais.

 

GESTÃO DE RECURSOS

Se não roubar, dá para fazer. Não vou assumir problemas dos outros. Quem fez seus problemas, que pague por eles!

 

LEGADO

Quero deixar um legado de responsabilidade, numa gestão com caráter e dignidade.

 

PRIMEIROS ATOS

Devo determinar o fechamento da prefeitura nesses primeiros dias. Vamos ouvir os responsáveis de cada setor, pedindo relatórios sobre deficiências e com isso pedir auditorias para fiscalizar os contratos.

 

HUMILDADE

A nossa mensagem é contra a soberba de muitos que chegam ao poder. Ao contrário, devemos nos colocar como os servidores número 1 e fazer como Jesus, que lavou os pés dos seus apóstolos. Quero dar essa minha parcela de contribuição de que eu sou funcionário público, para que as pessoas possam acompanhar.

 

OPORTUNIDADE

Não quero punir ninguém sem antes dar a oportunidade de mudarem. Essa é a verdade!

 

DRIBLAR A CRISE

Sabemos que o município não vai se gerir sozinho. Eu preciso muito da ajuda do Governo do Estado e do Governo Federal.

 

CONTATO COM WILSON WITZEL

Já tive uma conversa com o governador do estado. Foi por telefone apenas, mas conseguir abrir uma linha de diálogo muito boa. Ele identificou que também sou uma pessoa séria, que o que estava faltando na política hoje é essa identificação de pessoas que querem fazer o diferencial. É por isso que ele me deu toda a atenção, a equipe dele me deu toda a atenção. Ele disse que estão criando uma pasta específica para cuidar dos municípios, coisa que nenhum governador fez até hoje.

 

PROXIMIDADE

Estou muito animado com o governador do estado e estou muito animado com o presidente da República. São pessoas que frequentam nossa região, que passam por aqui. Temos tudo para dar certo!

 

EXPECTATIVA

Se eu conseguir controlar esse descrédito das pessoas e dos funcionários, que já não acreditam mais no setor público, se eu conseguir recuperar isso, e é por isso que eu tenho que dar o exemplo, acho que vou conseguir mudar a cidade em muito pouco tempo.

 

AÇÕES PONTUAIS

As pessoas querem realmente o básico do básico. Elas querem saber que os filhos delas estão sendo bem cuidados na escola, com a merenda escolar e se seus uniformes estão todos em dia. Elas estão querendo saber se existe medicamento no hospital, se os médicos vão atender seus filhos nos postos. Então acho que isso é o básico do básico.

 

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!