terça-feira, dezembro 7, 2021
InícioItaguaíPorto Sudeste oferece em Itaguaí curso básico de elétrica predial

Porto Sudeste oferece em Itaguaí curso básico de elétrica predial

Iniciativa do terminal privado se destacou como oportunidade para moradores de Itaguaí e Mangaratiba aprenderem mais do que uma nova função

As aulas do curso básico de elétrica predial aconteceram em setembro deste ano. Neste projeto, o Porto Sudeste contou com a parceria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Itaguaí, que cedeu o espaço físico para os encontros; e com a empresa Green Coast, responsável pela construção de uma estação para as aulas práticas. Os alunos aprenderam noções de matemática, física, leitura de diagramas elétricos, segurança em eletricidade, além das aplicações dos conceitos de elétrica predial em grupo. A iniciativa partiu de dois colaboradores do Porto Sudeste, os engenheiros Ronaldo Bicalho e Danilo Tiburcio. Os dois decidiram embarcar em uma ação voluntária e compartilhar com a população local parte dos conhecimentos que adquiriram ao longo de seus anos de profi

As aulas do curso básico de elétrica predial aconteceram em setembro deste ano. Neste projeto, o Porto Sudeste contou com a parceria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Itaguaí, que cedeu o espaço físico para os encontros; e com a empresa Green Coast, responsável pela construção de uma estação para as aulas práticas. Os alunos aprenderam noções de matemática, física, leitura de diagramas elétricos, segurança em eletricidade, além das aplicações dos conceitos de elétrica predial em grupo.

A iniciativa partiu de dois colaboradores do Porto Sudeste, os engenheiros Ronaldo Bicalho e Danilo Tiburcio. Os dois decidiram embarcar em uma ação voluntária e compartilhar com a população local parte dos conhecimentos que adquiriram ao longo de seus anos de profissão.

O curso integra uma das frentes do Projeto Despertar, criado com o intuito de ser um canal de troca de experiências entre os colaboradores da empresa e os jovens de diversos bairros de Itaguaí e Mangaratiba. Segundo a empresa o projeto beneficia o compartilhamento de informações sobre trabalho, carreira e os desafios da vida pessoal. “Quando dividimos conhecimento, multiplicamos crescimento”, afirma Ronaldo, que no ano que vem completa 10 anos no Porto Sudeste. “Compartilhar o conhecimento que outrora recebemos e ver o brilho nos olhos de quem aprende não tem preço”, completa o engenheiro, que, junto ao colega, pretende ministrar mais aulas em breve.

O Porto Sudeste enfatiza que através deste projeto reforça seu compromisso com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, segundo os objetivos de desenvolvimento sustentável que focam em educação, equidade de gênero, redução da desigualdade social e parcerias.

Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!