terça-feira, novembro 30, 2021
InícioSem categoriaPescadores de Mangaratiba comemoram conquista de ação contra a Transpetro

Pescadores de Mangaratiba comemoram conquista de ação contra a Transpetro

JUSTIÇA Pescadores da Baía de Sepetiba lotaram as dependências da Câmara Municipal de Mangaratiba (CMM), na quinta-feira (22), para prestar homenagem ao vereador Wlad da Pesca pelo o seu empenho, ainda quando era presidente da Associação de Pescadores, Maricultores  e Lazer do Sahy (Assopesca), em prol do andamento da ação contra a Transpetro, que resultou no pagamento de indenização à categoria, pelo vazamento de óleo Angra dos Reis em 2015, ocorrido, durante operação de transferência entre navios no pier do terminal marítimo da empresa, atingindo a baía, em Mangaratiba.

Representando associações das ilhas de Jaguanum e Marambaia, vários pescadores acompanharam a sessão exibindo um cartaz de agradecimento ao parlamentar. Em retribuição, o vereador usou a tribuna para ressaltar as conquistas e vitórias dos pescadores. Mostrando cóp

JUSTIÇA Pescadores da Baía de Sepetiba lotaram as dependências da Câmara Municipal de Mangaratiba (CMM), na quinta-feira (22), para prestar homenagem ao vereador Wlad da Pesca pelo o seu empenho, ainda quando era presidente da Associação de Pescadores, Maricultores  e Lazer do Sahy (Assopesca), em prol do andamento da ação contra a Transpetro, que resultou no pagamento de indenização à categoria, pelo vazamento de óleo Angra dos Reis em 2015, ocorrido, durante operação de transferência entre navios no pier do terminal marítimo da empresa, atingindo a baía, em Mangaratiba.

Representando associações das ilhas de Jaguanum e Marambaia, vários pescadores acompanharam a sessão exibindo um cartaz de agradecimento ao parlamentar. Em retribuição, o vereador usou a tribuna para ressaltar as conquistas e vitórias dos pescadores. Mostrando cópias das declarações prestadas ao Ministério Público Federal, em 5 de junho de 2015, sobre os prejuízos causados aos pescadores pelo vazamento de óleo da Transpetro, Wlad ressaltou que a ação movida contra a empresa teve o aval de todos os presidentes das associações de pescadores das Ilhas da Marambaia e Jaguanum, do Sahy, de Muriqui e Itacuruçá. “Hoje foi batido o martelo e cada pescador vai receber mais de R$ 8 mil pelos danos que eles causaram na nossa baía. Chegam aqui exploram petróleo e esquecem os pescadores, maricultores e catadores de caranguejo. Só que eles se organizaram e conseguiram eleger um  vereador para representá-los”, lembrou Wlad, agradecendo ao atual presidente da Assopesca, Nilton  Machado Pereira, que na ocasião da ação era  secretário-geral da entidade, e aos demais presidentes das associações de pescadores locais.

Wlad também aproveitou para orientar os pescadores que esperem a convocação das associações para o pagamento das indenizações. “As associações têm um prazo para começar a fazer os pagamentos. Só dentro da nossa baía são 1.143 pescadores, com a possibilidade de esse número aumentar, já que alguns ainda estão com a documentação irregular. Isso é trabalhar pela população com resultado e transparência no mandato de vereador”, disse ele.

Autorizados pelo presidente Charlies da Vídeo Locadora, que retornou a CMM após ficar interinamente à frente da prefeitura, os pescadores e presidentes de associações entraram no plenário para homenagear Wlad da Pesca. “Como eu sempre falo, a mudança vem do mar”, disse o vereador, após posar para fotos com os pescadores.

Para o pescador Alcimar Efigênio Tobias, da Ilha de Jaguanum, a vitória na Justiça foi significativa. “São coisas que o pescador nunca teve por muitos anos. Agora com essa conquista, principalmente por termos um representante dentro da Câmara Municipal de Mangaratiba, atuando em prol do pescador, é um marco para a categoria. O Wlad da Pesca está de parabéns, pois quem ganha é o município”, comemorou.

Oriundo da Ilha da Marambaia, o pescador da Paulo José Machado também elogiou Wlad. “Se não fosse o vereador, eu estaria sofrendo até hoje. O pescador sofre para ganhar o seu sustento, enfrentando mau tempo, o mar revolto e não tem valor. Porém, o vereador Wlad da Pesca atuou pela categoria e hoje só temos que comemorar a causa ganha contra a Transpetro. Com esse dinheiro vou investir no material de pesca perdido para embarcações maiores de outros municípios e até mesmo de outros estados. Sem contar os danos na época do vazamento de óleo. O pescador foi muito prejudicado”, contou.

A luta do vereador Wlad em prol dos pescadores também ganhou destaque nos discursos dos vereadores Eduardo Jordão e Rodrigo Bondim, que o parabenizaram, junto com os pescadores, pela conquista.

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!