quarta-feira, maio 18, 2022
InícioCultura/DiversãoMural transforma corredor da Casa de Cultura de Itaguaí em galeria a...

Mural transforma corredor da Casa de Cultura de Itaguaí em galeria a céu aberto

Autor da obra, Dhy Carvalho, evidencia a importância de políticas públicas de incentivo cultural

Na quinta-feira(5), o presidente Jair Bolsonaro vetou a nova Lei Aldir Blanc, que previa incentivo ao setor cultural nos próximos cinco anos. Assim, vale lembrar que foi a primeira Lei Aldir Blanc que proporciona, neste momento, um exemplar cultural de encher os olhos em Itaguaí. Trata-se da exposição “Sobre o processo criador da pintura mural”, na Casa de Cultura, inaugurada no dia 1º de maio. A mostra exibe uma pintura mural, de autoria do artista plástico Dhy Carvalho.

A obra tem 5,00m de largura e 1,67m de comprimento e foi motivada justamente por conta da lei de incentivo: “A motivação surgiu quando eu me inscrevi em um dos editais da Lei Aldir Blanc 2022, que é o edital Pinta Itaguaí/Muralismo. Como eu já lidava com produção de pintura mural, considerei interessante eu mergulhar em uma nova experiência por meio de um edital”, explica Dhy

TRABALHO TÉCNICO E INSPIRAÇÃO

O mural foi produzido com tinta acrílica e PVA fosca sobre parede com texturas. Está na parede que faz corredor com a traseira do primeiro prédio do espaço de cultura da cidade, onde fica a torre da antiga estação ferroviária.

“Pesquisei fotos antigas e mais recentes dos pontos da cidade que envolvem a história, o cotidiano e personagens de tempos passados, como os jesuítas e o índio, personagens que encontrei nas pinturas de Portinari, um dos pintores que busquei referência, assim como Di Cavalcanti,  Tarsila do Amaral, Lasar Segall, dentre outros. Mas Portinari e Di Cavalcanti são referências de pintores que me ajudaram na criação”, conta o autor do mural.

CONTRIBUIÇÃO CULTURAL

Para Dhy Carvalho, ter vencido o edital e ter produzido o mural é mais do que uma oportunidade para praticar sua tecnicidade nas belas artes. É oferecer à cidade de Itaguaí um legado cultural que representa a importância da democracia e acessibilidade nas artes.

“A minha maior satisfação é que, com essa pintura mural, consegui deixar uma contribuição cultural que permite ampliar as perspectivas da área da educação e cultura do município. Tornar democrática e acessível a produção artística em um espaço cultural da cidade, que agora tem esse mais novo acervo e que precisa ser preservado”, comemora Dhy Carvalho.

Para quem quiser apreciar obras de arte, basta comparecer à Casa de Cultura de Itaguaí, que fica na Rua Ismael Cavalcante, S/N, Centro, próxima à Área da Expo, no horário de 09h às 17h. Além do mural, o espaço também abriga a exposição “Entre Linhas, Caminhamos por Itaguaí”, que vai até o dia 13 de maio. O mural, fica para a cidade. Basta percorrer o espaço, pois aquele corredor se tornou uma galeria à céu aberto, em local de fácil acesso e circulação.

Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!