terça-feira, outubro 19, 2021
InícioSem categoriaLista de beneficiados pelo auxílio emergencial será disponibilizada pelo governo

Lista de beneficiados pelo auxílio emergencial será disponibilizada pelo governo

O governo federal irá disponibilizar nos próximo 15 dias, a relação dos mais de 53 milhões de pessoas que receberam o benefício do auxílio emergencial. A informação foi divulgada nesta terça-feira (26) pelo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário na coletiva de impressa no Palácio do Planalto, para atualizar ações de enfrentamento ao covid-19.
Segundo o ministro, em 12 a 15 dias será colocado em transparência toda a base de todos que receberam o auxílio emergencial, onde cada cidadão pode fiscalizar o pagamento por parte do governo aos cerca de 53 milhões de beneficiados.
Segundo o governo, já foram utilizados R$ 123 bilhões em recursos orçamentários para o pagamento do auxílio. Inicialmente, o benefício será pago em três parcelas, estando no momento na execução do pagamento da segunda parcela.

Irregulari

O governo federal irá disponibilizar nos próximo 15 dias, a relação dos mais de 53 milhões de pessoas que receberam o benefício do auxílio emergencial. A informação foi divulgada nesta terça-feira (26) pelo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário na coletiva de impressa no Palácio do Planalto, para atualizar ações de enfrentamento ao covid-19.
Segundo o ministro, em 12 a 15 dias será colocado em transparência toda a base de todos que receberam o auxílio emergencial, onde cada cidadão pode fiscalizar o pagamento por parte do governo aos cerca de 53 milhões de beneficiados.
Segundo o governo, já foram utilizados R$ 123 bilhões em recursos orçamentários para o pagamento do auxílio. Inicialmente, o benefício será pago em três parcelas, estando no momento na execução do pagamento da segunda parcela.

Irregularidades
A CGU, em parceria com o Ministério da Cidadania, está supervisionando o pagamento ilegítimo a pessoas que não têm o direito de receber. Cerca de 74 mil sócios de empresas estavam nessa situação. A pasta também cancelou o pagamento para 86 mil pessoas que nas últimas eleições doaram mais de R$ 10 mil. Donos de veículos cujo o valor de mercado ultrapassa os R$ 60 mil também foram identificados, além de residentes internacionais, onde não é concedido direito. De acordo com Rosário, o trabalho de fiscalização se mantém ativo e trabalhando, e que ainda não é possível determinar a quantidade de cadastros irregulares no programa.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!