domingo, outubro 24, 2021
InícioItaguaíInovação, startups e turismo no segundo dia da Semana Polo do Mar...

Inovação, startups e turismo no segundo dia da Semana Polo do Mar Conecta

O segundo dia da Semana Polo do Mar Conecta – evento organizado pelo Sebrae Rio e o Sistema Fecomércio/RJ, com o apoio da Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais – trouxe palestrantes que dinamizaram discussões a partir de três painéis: “Turismo no cenário atual”, “Polo do Mar da Baía de Ilha Grande” e “Soluções Eficientes para Pequenos Negócios e a Cadeia Produtiva do Mar”. 

Acompanharam as apresentações de hoje 195 pessoas. Com os 249 participantes do primeiro dia, a frequência alcança 444 conectados na Semana Polo do Mar até agora.

PAINEL “POLO DO MAR DA BAÍA DE ILHA GRANDE”

O turismo náutico tem destaque no município de Angra dos Reis. Com mais de 10 mil embarcações cadastradas, dezenas de agências e inúmeros outros operadores individuais, além das marinas

O segundo dia da Semana Polo do Mar Conecta – evento organizado pelo Sebrae Rio e o Sistema Fecomércio/RJ, com o apoio da Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais – trouxe palestrantes que dinamizaram discussões a partir de três painéis: “Turismo no cenário atual”, “Polo do Mar da Baía de Ilha Grande” e “Soluções Eficientes para Pequenos Negócios e a Cadeia Produtiva do Mar”. 

Acompanharam as apresentações de hoje 195 pessoas. Com os 249 participantes do primeiro dia, a frequência alcança 444 conectados na Semana Polo do Mar até agora.

PAINEL “POLO DO MAR DA BAÍA DE ILHA GRANDE”

O turismo náutico tem destaque no município de Angra dos Reis. Com mais de 10 mil embarcações cadastradas, dezenas de agências e inúmeros outros operadores individuais, além das marinas e clubes da região da Costa Verde, o turismo náutico se destaca neste município. Também na região da Costa Verde fica a cidade histórica de Paraty, na Baía da Ilha Grande, reconhecidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) com o título de patrimônio mundial da humanidade.

A BR Marina, com suas oito unidades em operação, incluindo a recém-inaugurada, BR Marinas Paraty, é a primeira e maior rede de marinas, tendo na Verolme o Polo Industrial Náutico, com mais de 20 empresas interligadas. Gabriela Lobato, representante da empresa, falou da importância do setor náutico para a região.

Antes de Gabriela, porém, falaram, para contextualização, Daniel Santa Cruz, (representante da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais) e João Paulo Amaral (da Splenda).

Em seguida, apresentaram-se representantes de pequenas empresas com atuação no setor: Hígia, Âncora, EVA e Volantis. O objetivo foi mostrar que fornecedores locais podem ter excelentes oportunidades de negócios na região.

PAINEL “TURISMO NO CENÁRIO ATUAL”

Neste painel foi lançado um estudo do setor náutico concentrado no potencial de Angra dos Reis. As discussões também focaram nas oportunidades que os pequenos negócios podem ter no setor de turismo náutico, que deve ser organizado – enfatizou-se – sempre com atenção à sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. 

Também foi mencionado que, de acordo com a presidência da República, espera-se uma injeção de investimentos da ordem de R$ 1 bilhão na região. 

Jarbas Modesto falou sobre o turismo sustentável como tendência no cenário atual e as oportunidades no setor náutico. 

Jorge Ávila, representante da UniRio e RedeTec, falou sobre as oportunidades relacionadas ao mar, saneamento e turismo. 

O presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) – Philipe Campelo – falou sobre a relação do turismo com o meio ambiente. 

Tatiana Gala, da AgeRio, disse na sua fala, dentre outros temas, que haverá linhas de crédito especiais para investimentos no setor.

Ricardo Barros (da Maré Mansa) e Akira Taguti (da Estância Turística Jonosake) também foram os palestrantes desse painel.

PAINEL “SOLUÇÕES EFICIENTES PARA PEQUENOS NEGÓCIOS E A CADEIA PRODUTIVA DO MAR”

Neste painel, os debates se deram em torno do tema da inovação empresarial, que, no contexto da Economia do Mar, é imprescindível. Atualmente, as empresas que não buscam pela inovação ficam obsoletas e naufragam no meio do caminho.

O Superintendente da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Alfredo Piragibe, foi quem abriu os trabalhos. 

Em seguida, o representante da OceanPact, Flavio Andrade, falou sobre o uso sustentável do mar. 

Phillippe Monbet (do Polo do Mar da Bretanha) e Vinícios Leite (coordenador de Inovação da Itaguaí Construções Navais – ICN) falaram sobre um modelo eficiente de inovação tecnológica no contexto da Economia do Mar.

Ladmir Carvalho (presidente da Alterdata Software) fez Palestra Magna sobre o método que cria um ambiente favorável para inovação nas empresas. 

A segunda etapa do painel trouxe um hub de Inovação com algumas startups. Os hubs de inovação focam na criação de conexões, tanto das startups umas com as outras quanto com as empresas, universidades e investidores.

Renata Ramalhosa e Lindália Junqueira, representantes do Hub Bluetech Rio, falaram sobre o Programa de Inovação Aberta.

Pedro Rocha Vieira falou sobre o projeto AspBAN.

Rui Barros (da startup Bizcargo) e Bruno Balbi (da startup I4SEA), fizeram breves apresentações.

Lucio Netto (da startup Phigitall) contou um case de sucesso que envolveu sua empresa. 

PROGRAMAÇÃO DO TERCEIRO DIA

Dois painéis estão programados para o terceiro dia: “Polo do Mar da Baía de Sepetiba” e “Adensamento das Cadeias Produtivas”.

No primeiro, participação das empresas Porto Sudeste, Vale, Ternium e Frezzo Alimentos, além da entidade Senac.

No segundo, participação de: Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Diretor-presidente da Assessoria Fiscal, Mauro Osório); Investe Rio (presidente Rodrigo Stallone), Sebrae (Renato Regazzi), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ – professor Ricardo Berbara), Aeroporto Internacional de Cabo Frio (Rodrigo Abreu) e Zigmo (Lincoln Fiorelli).

Também vão participar, no painel “Adensamento das Cadeias Produtivas”, o Secretário Estadual de Desenvolvimento, Energia e Relações Internacionais – Vinicius Farah; e o Diretor de Desenvolvimento do Sebrae/RJ, Sergio Malta.

SOBRE A SEMANA POLO DO MAR CONECTA

O evento gratuito ocorre de forma virtual entre os dias 28 de junho e 2 de julho, com várias atrações, sob o tema geral “Economia do Mar” (um conjunto de empresas, trabalhadores, entidades, pesquisadores e instituições em torno do mesmo ativo econômico: o mar). São 40 palestrantes, 24 instituições, 20 horas de palestras, 15 grandes empresas participantes e, ao final, rodadas de negócios que prometem inserir pequenos e médios empreendimentos na cadeia produtiva do setor. 

O evento tem 10 eixos temáticos. O objetivo principal é unir e agregar as cadeias produtivas dos Polos Competitivos da Rede de Valor da Economia do Mar do estado do Rio de Janeiro para disseminar informações, promover networking e oportunidades de negócios.

O link para participar é  https://conteudos.rj.sebrae.com.br/semanapolodomarconecta .

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!