sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioItaguaíFesta do Dia da Consciência Negra na Ilha da Marambaia

Festa do Dia da Consciência Negra na Ilha da Marambaia

WELINGTON CAMPOS
welington.campos@jornalatual.com.br

 
COMEMORAÇÃO
Como acontece tradicionalmente, o Dia da Consciência Negra foi comemorado com música, dança e celebração na Ilha da Marambaia, nesta terça-feira (20), em evento organizado pela Associação da Comunidade dos Remanescentes de Quilombo da Ilha da Marambaia (Arqimar).

Mesmo com tempo chuvoso centenas de visitantes prestigiaram o evento realizado pela Arquimar com apoio de entidades como a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro (ACQUILERJ) na defesa dos direitos dos remanescentes de quilombos do estado.

A celebração à Zumbi dos Palmares pelos moradores e convidados contou com muita música, dança, encenação e diversão. A festa teve início com os discursos do presidente da Arquimar, Fábio Marçal, da ex-presidente Vânia Guerra,

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

 

COMEMORAÇÃO

Como acontece tradicionalmente, o Dia da Consciência Negra foi comemorado com música, dança e celebração na Ilha da Marambaia, nesta terça-feira (20), em evento organizado pela Associação da Comunidade dos Remanescentes de Quilombo da Ilha da Marambaia (Arqimar).

Mesmo com tempo chuvoso centenas de visitantes prestigiaram o evento realizado pela Arquimar com apoio de entidades como a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro (ACQUILERJ) na defesa dos direitos dos remanescentes de quilombos do estado.

A celebração à Zumbi dos Palmares pelos moradores e convidados contou com muita música, dança, encenação e diversão. A festa teve início com os discursos do presidente da Arquimar, Fábio Marçal, da ex-presidente Vânia Guerra, que é uma das organizadoras do evento, e de representantes de entidades ligadas às comunidades de quilombos.

Um momento sempre muito esperado foi o tradicional almoço, quando é servida uma já esperada feijoada. Assim como no ano passado, por causa do mau tempo, foi servida num galpão cedido pelo Centro Avaliação da Ilha da Marambaia (CADIM), próximo às antigas ruínas da senzala onde são celebradas as comemorações à Zumbi do Palmares, na Praia da Armação.  Paralelamente, grupos de capoeira e de jongo se encarregaram de animar rodas, que seduziram os presentes, que acabaram por celebrar uma grande confraternização.

DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.

A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!