domingo, outubro 24, 2021
InícioPoderEleitor com mais 60 anos terá horário preferencial para votar

Eleitor com mais 60 anos terá horário preferencial para votar

ELEIÇÕES 2020 O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TER-RJ), informou nesta segunda-feira (19), que no dia 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições municipais, o eleitor que tiver mais de 60 anos terá preferência para votar no período das 7h às 10h. De acordo com o TER-RJ, no estado do Rio de Janeiro, são 3.145.835 eleitores que pertencem a essa faixa etária, o que representa 25,26% do eleitorado. Desse total, 1.524.361 (48,45%) têm mais de 70 anos, sendo facultativo o exercício do voto para esses eleitores. 

Recomendação da Justiça Eleitoral, esse horário especial foi estabelecido seguindo as orientações de uma consultoria sanitária como forma de prevenção ao contágio do coronavírus. O TER-RJ informou que as pessoas mais jovens, com menos de 60 anos, não estão impedidas de votar nesse horário, mas devem pref

ELEIÇÕES 2020 O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TER-RJ), informou nesta segunda-feira (19), que no dia 15 de novembro, data do primeiro turno das eleições municipais, o eleitor que tiver mais de 60 anos terá preferência para votar no período das 7h às 10h. De acordo com o TER-RJ, no estado do Rio de Janeiro, são 3.145.835 eleitores que pertencem a essa faixa etária, o que representa 25,26% do eleitorado. Desse total, 1.524.361 (48,45%) têm mais de 70 anos, sendo facultativo o exercício do voto para esses eleitores. 

Recomendação da Justiça Eleitoral, esse horário especial foi estabelecido seguindo as orientações de uma consultoria sanitária como forma de prevenção ao contágio do coronavírus. O TER-RJ informou que as pessoas mais jovens, com menos de 60 anos, não estão impedidas de votar nesse horário, mas devem preferencialmente se programar para votar a partir das 10h. Trata-se de uma iniciativa de conscientização da população, de modo a preservar o contato com aqueles que fazem parte do grupo de risco e evitar aglomeração. 

Outras medidas de segurança sanitária também deverão ser seguidas nos locais de votação, como o uso obrigatório da máscara, e a proibição de consumo de alimentos. Ao entrar na seção, o eleitor deverá mostrar o documento oficial com foto, esticando os braços em direção ao mesário, que verificará os dados de identificação a distância. Caso julgue necessário, o mesário pode solicitar que o eleitor abaixe a máscara, para o reconhecimento facial. Outras orientações da Justiça Eleitoral são a de que o eleitor leve de casa a caneta para assinar o caderno de votação e que higienize as mãos com álcool gel, antes e depois de votar.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!