sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioSem categoriaCoronavírus: o que você precisa saber sobre

Coronavírus: o que você precisa saber sobre

Esse vírus é de uma família que causa infecções respiratórias, como a Síndrome Respiratória
Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio
(MERS), identificada em 2012. O novo agente do Coronavírus (SARS-CoV-2) foi descoberto no
final de 2019 após casos registrados na China, e provoca a doença chamada de COVID-19.
A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas,
como:
– Gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro,
– Toque ou aperto de mão,
– Contato com objetos ou superfícies contaminadas.
Quando um indivíduo é contaminado, geralmente os sintomas são: febre, tosse e falta de ar,
mas que em casos mais graves podem causar: pneumonia, insuficiência renal e até síndrome
respiratória grave.
Seu Diagnóstico é feito através da coleta de m

Esse vírus é de uma família que causa infecções respiratórias, como a Síndrome Respiratória
Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio
(MERS), identificada em 2012. O novo agente do Coronavírus (SARS-CoV-2) foi descoberto no
final de 2019 após casos registrados na China, e provoca a doença chamada de COVID-19.
A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas,
como:
– Gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro,
– Toque ou aperto de mão,
– Contato com objetos ou superfícies contaminadas.
Quando um indivíduo é contaminado, geralmente os sintomas são: febre, tosse e falta de ar,
mas que em casos mais graves podem causar: pneumonia, insuficiência renal e até síndrome
respiratória grave.
Seu Diagnóstico é feito através da coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas
ou indução de escarro), e se a suspeita for confirmada é necessária mais uma coleta para a
decisão final, e o início do tratamento.
Para evitar o Coronavírus, nosso conselho é: FOQUE NA PREVENÇÃO!
– Lave bem as mãos;
– Cozinhe bem carnes e ovos;
– Caso esteja com sintomas suspeitos e tenha retornado de viagem ou tenha tido contato com
quem estava viajando nos últimos 14 dias, procure imediatamente uma unidade de saúde mais
próxima;
Por último, mas não menos importante…
– Utilize máscaras em caso de suspeita de contaminação! Esse vírus passa de um indivíduo para
o outro de maneira muito simples, então esses cuidados são totalmente necessários!
Porém, apesar de toda a comoção que tem acontecido e o pavor que está sendo disseminado
nós queremos reforçar: NÃO ENTRE EM PÂNICO! Para tirar outras possíveis dúvidas, consulte o
seu médico.

Cuidar de você, esse é o plano.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!