sexta-feira, dezembro 3, 2021
InícioPoderChoque de ordem solicitado para a Rodoviária de Itaguaí

Choque de ordem solicitado para a Rodoviária de Itaguaí

Vereador denuncia o descaso na limpeza, na manutenção, na segurança e no aumento de moradores de rua que se instalaram no terminal da cidade O descaso do poder público com o Terminal Rodoviário de Itaguaí foi o motivo de uma diligência realizada pelo vereador Ivan Charles (PSB), na sexta-feira (23), às instalações da rodoviária. O que o parlamentar viu o levou a apresentar uma indicação solicitando ao Poder Executivo um choque de ordem no terminal. Além da falta de limpeza e de segurança, o pessebista denunciou o aumento de moradores de rua no local. O documento foi aprovado por unanimidade durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI) da terça-feira (27). Segundo vereador Ivan Charles, não é de hoje que os usuários e comerciantes estão reclamando do péssimo estado de conservação do terminal e que o local e

Vereador denuncia o descaso na limpeza, na manutenção, na segurança e no aumento de moradores de rua que se instalaram no terminal da cidade

O descaso do poder público com o Terminal Rodoviário de Itaguaí foi o motivo de uma diligência realizada pelo vereador Ivan Charles (PSB), na sexta-feira (23), às instalações da rodoviária. O que o parlamentar viu o levou a apresentar uma indicação solicitando ao Poder Executivo um choque de ordem no terminal. Além da falta de limpeza e de segurança, o pessebista denunciou o aumento de moradores de rua no local. O documento foi aprovado por unanimidade durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI) da terça-feira (27).

Segundo vereador Ivan Charles, não é de hoje que os usuários e comerciantes estão reclamando do péssimo estado de conservação do terminal e que o local está servindo de abrigo para moradores de rua.  “Estivemos mais uma vez na rodoviária a pedido de usuários e comerciantes, que constantemente sofrem e reclamam com os problemas de funcionamento desse local. A principal reclamação é com relação aos moradores de rua, que estão sujando o espaço e incomodando as pessoas que todos os dias embarcam e desembarcam no local”, relatou o vereador, que usou a tribuna para chamar a atenção do Executivo sobre o problema. “Conversei com alguns desses moradores de rua que estão na rodoviária e três deles informaram que vieram de Copacabana”, completou o parlamentar que considerou o fato como uma vergonha.

FOTO DIVULGAÇÃO/IVAN CHARLES
Moradores de rua estão fazendo de abrigo as instalações do Terminal Rodoviário da Cidade

Ivan Charles também chamou a atenção para ausência do administrador do terminal. Segundo ele, este responsável nunca se encontra no local. “Mais uma vez, encontramos a sala da administração fechada, banheiros sujos, sem papel higiênico, lixeiras cheias, lâmpadas queimadas, bueiro sem tampa, dentre outros problemas visíveis. Por esse e outros motivos estou fazendo essa indicação legislativa solicitando, em caráter de urgência, um choque de ordem em nossa rodoviária, que é a nossa porta de entrada da cidade”, explicou o vereador.

Outro assunto que ganhou destaque na sessão foi a rejeição, pela oposição, de cinco mensagens com pedidos de urgência encaminhadas pelo chefe do Poder Executivo. O primeiro solicitando alteração do Plano Diretor; o segundo apontando para a criação do Conselho de Meio Ambiente; o terceiro pedindo a instituição do Conselho de Agricultura e Pesca; o quarto voltado para implantação do Fundo Municipal de Meio Ambiente; e o quinto pleiteando a oficialização do Fundo Municipal de Agricultura e Pesca.

Já os requerimentos e indicações foram aprovados em bloco, por unanimidade, assim como, em discussão final, o projeto de lei de autoria do vereador Genildo Gandra (PDT), que estabelece o direito der as mães amamentarem sues filhos durante a realização de concurso público na administração municipal.  

FOTO DIVULGAÇÃO/IVAN CHARLES
A FALTA de limpeza no terminal rodoviário fica visível com as lixeiras abarrotadas
Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!