sábado, outubro 23, 2021
InícioItaguaíCerimônia marca passagem de comando da Capitania dos Portos

Cerimônia marca passagem de comando da Capitania dos Portos

Solenidade realizada na quinta-feira (17), no distrito de Itacuruçá, contou com presença de várias autoridades militares e civis da região A Delegacia da Capitania dos Portos de Itacuruçá realizou na manhã desta quinta-feira (17), a cerimônia de transmissão de cargo do novo delegado. Passou o cargo o capitão de corveta Carlos Eduardo França da Silveira e assumiu o também capitão de corveta Jone Dantas de Brito. A cerimônia contou com a presença de autoridades e personalidades da sociedade da região, entre elas, o capitão da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, capitão de mar-e- guerra André Luiz de Andrade Felix, o comandante do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (Cadim), capitão de mar-e-guerra Max Guilherme de Andrade e Silva, o prefeito e o vice-prefeito de Mangaratiba, Alan Costa e Alcimar Moreira Carvalho, o Chicã

Solenidade realizada na quinta-feira (17), no distrito de Itacuruçá, contou com presença de várias autoridades militares e civis da região

A Delegacia da Capitania dos Portos de Itacuruçá realizou na manhã desta quinta-feira (17), a cerimônia de transmissão de cargo do novo delegado. Passou o cargo o capitão de corveta Carlos Eduardo França da Silveira e assumiu o também capitão de corveta Jone Dantas de Brito.

A cerimônia contou com a presença de autoridades e personalidades da sociedade da região, entre elas, o capitão da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, capitão de mar-e- guerra André Luiz de Andrade Felix, o comandante do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (Cadim), capitão de mar-e-guerra Max Guilherme de Andrade e Silva, o prefeito e o vice-prefeito de Mangaratiba, Alan Costa e Alcimar Moreira Carvalho, o Chicão da Ilha, o deputado federal Marcelo Matos, o vereador Emilson Coelho, entre outras autoridades civis e militares.

Durante a cerimônia o capitão Carlos Eduardo França da Silveira agradeceu a todos os presentes e ressaltou o trabalho realizado a frente da Capitania dos Portos: “É com muita satisfação que chego ao fim dessa missão em ter contribuído diuturnamente para a manutenção da segurança da navegação. E na busca pela excelência do serviço prestado por nós a sociedade. Porém, com perseverança e austeridade, cumpri a missão a mim confiada”, ressaltou o capitão agradecendo a todos que contribuíram direta e indiretamente com a Capitania dos Portos de Itacuruçá.

Após o discurso do capitão Carlos Eduardo, foi à vez de discursar o novo comandante da Capitania dos Portos, o capitão Jone Dantas de Brito, que agradeceu a presença de todos e destacou ações que lhe serão de responsabilidade à frente da delegacia. “Hoje, ao assumir a titularidade de uma organização militar da Marinha, integrante do sistema de segurança do tráfego aquaviário que contribui para segurança da navegação, para salvaguarda da vida humana no mar e na prevenção da poluição hídrica, tenho consciência da responsabilidade sobre os meus ombros depositada. Não tenho dúvidas que para bem cumprir as complexas tarefas desta delegacia será de fundamental importância contar com a colaboração e o apoio de todos os segmentos da sociedade”, discursou o novo comandante. 

Ao término da cerimônia todos foram convidados para um coquetel servido no Iate Clube de Itacuruçá em comemoração a mais um marco histórico da Capitania dos Portos de Itacuruçá.

LEGADO

Em entrevista ao ATUAL, o capitão de corveta Carlos Eduardo França relatou que os dois anos que passou a frente da Capitania dos Portos foram intensos, na parte marítima que abrange Mangaratiba e Itaguaí. Mas graças a Deus tivemos sucesso em todas as ações. Reduzimos os índices de acidentes na navegação, intensificamos as inspeções navais com aumento nos números de notificações e autuações diminuindo o número de acidentes na Baía de Sepetiba.

NOVO COMANDANTE

Já o novo comandante da Capitania dos Portos, o capitão de corveta Jone Dantas de Brito disse que sabe do tamanho do desafio, mas que pretende dar continuidade aos projetos já em andamento. “Inicialmente, vamos continuar com a Operação Verão, que a Marinha do Brasil realiza até março, que é na prevenção de acidentes e salvaguarda da vida humana e prevenção de poluição hídrica. A Capitania dos Portos sempre estará de portas abertas para sociedade na formação de aquaviários e amadores”, destacou o comandante.  

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!