Combate a desastres naturais e arboviroses ganha plano de contingência em Mangaratiba

Representantes da Secretaria de Saúde e da assessoria técnica da Vigilância em Saúde do Estado estiveram reunidos, na quarta-feira (16), com o objetivo de alinhar e finalizar planos de contingências de desastres naturais e de arboviroses como dengue, zika e chikungunya. A reunião aconteceu na sede do Centro de Referência de Atenção em Saúde Pública (CRASP), na Praia do Saco.

Também foi discutido o fechamento de alguns acordos em caso de epidemias, com a participação e integração da atenção básica e da direção médica do Hospital Victor de Souza Breves.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Mayhe, a reunião serviu para integrar todos os autores responsáveis por tomada de decisão em caso de desastre e/ou epidemia de uma arbovirose. “Fomentar junto ao Estado, uma parceria técnica e logística para desencadear toda a estrutura de assistência, controle e prevenção. A Vigilância em Saúde está sempre atenta a tudo que acontece em relação a risco de saúde da população”, finalizou.

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
/* */