sábado, dezembro 4, 2021
InícioItaguaíCelebração na Marambaia marca o Dia da Consciência Negra

Celebração na Marambaia marca o Dia da Consciência Negra

Uma grande festa marcou o Dia da Consciência Negra, celebrada na quarta-feira (20), na Ilha da Marambaia. Muita cantoria, jongo, encenação, roda de capoeira e a tradicional feijoada marcaram as comemorações e o culto à memória de Zumbi dos Palmares. O evento foi realizado pela Associação da Comunidade de Remanescente de Quilombo da Ilha da Marambaia (Arqimar) com apoio da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro (Acquilerj) na defesa dos direitos dos remanescentes de quilombos do estado, do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (Cadim), da Vale, da União das Associações e Cooperativas de Pequenos Produtores Rurais do Estado Rio de Janeiro, do Instituto de Socioeconomia Solidária e da Prefeitura de Mangaratiba.

Além da comunidade e dos visitantes, o evento contou com a presença do prefeito Mangar

Uma grande festa marcou o Dia da Consciência Negra, celebrada na quarta-feira (20), na Ilha da Marambaia. Muita cantoria, jongo, encenação, roda de capoeira e a tradicional feijoada marcaram as comemorações e o culto à memória de Zumbi dos Palmares. O evento foi realizado pela Associação da Comunidade de Remanescente de Quilombo da Ilha da Marambaia (Arqimar) com apoio da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Estado do Rio de Janeiro (Acquilerj) na defesa dos direitos dos remanescentes de quilombos do estado, do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia (Cadim), da Vale, da União das Associações e Cooperativas de Pequenos Produtores Rurais do Estado Rio de Janeiro, do Instituto de Socioeconomia Solidária e da Prefeitura de Mangaratiba.

Além da comunidade e dos visitantes, o evento contou com a presença do prefeito Mangaratiba, Alan Bombeiro; do vice-prefeito Chicão da Ilha; do comandante do Cadim, capitão de Mar e Guerra Max Guilherme de Andrade e Silva; e dos vereadores Emilson Farmácia e Rogério da Máquina.

Esse ano, por causa do mau tempo, as festividades em comemoração ao Dia da Consciência Negra foram realizadas nas dependências da sede da Arqimar, localizada na Praia Suja. A festa teve início com os discursos da presidente da Arquimar, Jaqueline Alves; da diretora social Vânia Guerra, que é uma das organizadoras do evento; e de representantes de entidades ligadas às comunidades de quilombos. Antes da abertura das festividades, a comunidade prestou um minuto de silêncio em homenagem póstuma à moradora Beatriz Inocêncio, uma das fundadoras da Arqimar, que faleceu na semana passada.

A presidente da Arqimar, Jaqueline Alves, saudou todos os presentes e destacou a importância de manter a tradição das comemorações ao Dia da Consciência Negra. Ela agradeceu à comunidade por manter viva a cultura dos antepassados que lutaram pelos direitos de igualdade racial.  Jaqueline destacou ainda conquistas da comunidade, como o Termo Ajustamento de Conduta, a titularização, a energia elétrica e a nova sede. A presidente também agradeceu a todos que colaboram com doações de alimentos para a feijoada e aos diretores e colaboradores da Arqimar que se empenharam para que a 15ª edição da festa fosse um sucesso.  “Hoje estamos celebrando não só a igualdade racial, mas também a conquista da nossa sede. Pode ter certeza de que a Arqimar manterá essa memória, essa representatividade que é muito forte para nós, que é Zumbi dos Palmares. Independente de termos um lugar para festejar, a festa seria realizada nem que seja debaixo de uma árvore”, ressaltou ela, agradecendo ao comandante do Cadim, Max, ao prefeito Alan Bombeiro, ao vice-prefeito Chicão da Ilha, e aos vereadores Emilson da Farmácia e Rogério da Máquina”, concluiu.

 

WELINGTON CAMPOS

welington.campos@jornalatual.com.br

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!