domingo, outubro 17, 2021
InícioSem categoriaCâmara de Seropédica inicia período legislativo

Câmara de Seropédica inicia período legislativo

Uma rápida sessão, realizada na sexta-feira (15), marcou a abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Seropédica em 2019. Presidida pelo vereador José Celso da Costa, a sessão de abertura do primeiro período legislativo de 2019 contou com a presença do vice-prefeito Amaurildo Soares, que representou o prefeito Anabal Barbosa de Souza, e do secretário de Governo, João José de Almeida Neto. Com andamento meramente protocolar, a sessão foi marcada por poucos e curtos discursos, pregando a atenção do Executivo às demandas do Legislativo de modo a fazer frente aos problemas que a cidade atravessa. Após o encerramento da sessão, o ATUAL entrevistou o presidente José Celso da Costa e conversou ainda com integrantes da Mesa Diretora e outros vereadores, questionando-os sobre as expectativas para o ano legislativo que se inicia.

Uma rápida sessão, realizada na sexta-feira (15), marcou a abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Seropédica em 2019. Presidida pelo vereador José Celso da Costa, a sessão de abertura do primeiro período legislativo de 2019 contou com a presença do vice-prefeito Amaurildo Soares, que representou o prefeito Anabal Barbosa de Souza, e do secretário de Governo, João José de Almeida Neto. Com andamento meramente protocolar, a sessão foi marcada por poucos e curtos discursos, pregando a atenção do Executivo às demandas do Legislativo de modo a fazer frente aos problemas que a cidade atravessa.

Após o encerramento da sessão, o ATUAL entrevistou o presidente José Celso da Costa e conversou ainda com integrantes da Mesa Diretora e outros vereadores, questionando-os sobre as expectativas para o ano legislativo que se inicia. De um modo geral, os vereadores se disseram dispostos a cobrar ações do Executivo e, também, defenderam o papel exercido pela Câmara Municipal de Seropédica na tentativa de minorar o sofrimento da população diante de tantos problemas vividos pela cidade nos últimos tempos. Para isso, acentuam a disposição de cobrar responsabilidades do prefeito e seus auxiliares.B

ENTREVISTA: José Celso da Costa, presidente da Câmara Municipal de Seropédica

“Eu quero ver a coisa funcionar”

ATUAL – Qual a sua expectativa em relação ao ano de 2019?

Vereador José Celso – Desde que foi a cidade foi emancipada, sonho com dias melhores para Seropédica. Estou no terceiro mandato e só quero o melhor para a cidade. Primeiro, quero pedir que Deus abençoe a Câmara Municipal de Seropédica; segundo, pedir ao prefeito que atenda às reivindicações de todos os vereadores para que se possa atender ao sonho de todo o povo seropedicense.

Nos últimos meses o relacionamento entre o Executivo e o Legislativo não andava muito afinado. E agora?

Na verdade, nada tenho contra o Executivo, só quero atender ao povo. A minha intenção é ver a coisa funcionar, a saúde e a educação funcionando e que as obras sejam realizadas.

Quais são as prioridades do Legislativo para 2019?

As coisas mais importantes para nós são educação, saúde, saneamento básico, asfalto nas ruas.

Vivemos atualmente um período de chuvas intensas, o que causa muita preocupação em muitos locais. O Poder Legislativo de Seropédica está atento a isso?

Todos os vereadores estão preocupados, afinal todos os bairros têm problemas. Nós fazemos indicações, mas a maioria não é atendida. Se pelo menos 5% de nossas reivindicações fossem atendidas não estaríamos na situação em que estamos.

O senhor está otimista em relação ao destino da cidade em 2019?

Espero que esse ano as coisas mudem, e mudem para melhor. Minha bandeira foi sempre defender o povo seropedicense.

Que contribuição a Câmara Municipal de Seropédica vai dar para que isso aconteça?

Os projetos que vierem do Executivo, com certeza, vão ser colocados em pauta, assim como os de todos os vereadores.

As expectativas de suas excelências

Vereadores revelaram ao ATUAL o que desejam e algumas prioridade para o ano de trabalho que se iniciou oficialmente na sexta-feira (15)

“Espero poder acompanhar mudanças na cidade, cobrar melhorias na saúde, na educação e nos serviços básicos, e que essas cobranças sejam atendidas. Quero me empenhar, ainda, na cobrança de melhores condições de trabalho para o funcionalismo municipal”

Anderson de Moura Medeiros

“A Câmara Municipal de Seropédica fez a parte dela. Hoje, por exemplo, o prefeito tem um orçamento com remanejamento de 15% e tem R$ 120 milhões em caixa. Ou seja, tem tudo para avançar na saúde, no saneamento e na educação. A cidade tem tudo para ter um ano positivo, afinal, tem o que é mais difícil, os recursos”.

Hugo Pereira do Canto Júnior

“Minha expectativa é vivenciar uma nova política em níveis federal e estadual. O Executivo estando bem, nós estaremos também. Com o aporte financeiro do estado e da União o desenvolvimento vai voltar a acontecer em Seropédica, Itaguaí, Paracambi e em toda a região, com grandes empresas voltando. A Câmara Municipal de Seropédica tem um papel fundamental de dar velocidade às matérias que vierem do Executivo, frisando que o Executivo tem de enviar as matérias aliadas com o setor jurídico. O que queremos é que a cidade cresça”.

Aguinaldo Luis Pereira

“Tenho a boa expectativa de um bom diálogo entre o Legislativo e o Executivo para enfrentarmos problemas que não são só nossos, mas, também, do estado e do país, com a falta do repasse de verbas para municípios como Seropédica. No governo passado, por exemplo, todas as ruas asfaltadas o foram com recursos do Programa Bairro Novo, do Governo do Estado. Temos que entender que o diálogo não é para melhorar a vida do vereador ou do prefeito, mas do povo seropedicense. Os vereadores devem sempre tensionar o governo a fazer o melhor para o cidadão. Quando tiver que pressionar, deve pressionar, mas, quando for o caso, tem de também compor, pensando no cidadão. É cobrar o máximo que puder, mas recuar quando necessário, o que é o tal do diálogo de que eu falo”.

Ivan Paulo Biano da Silva

(Professor Ivan)

“A minha expectativa é que as coisas possam começar a acontecer. A Câmara Municipal de Seropédica fez de tudo o que podia para que o Executivo tivesse condição de trabalho. Aprovamos o orçamento e corrigimos o que estava errado. Agora, iniciamos um ano letivo com escolas ruins; o servidor público está há três anos sem reajuste. São bandeiras que vamos levantar, até porque estou vereador, mas eu sou professor. O papel da Câmara Municipal de Seropédica é minucioso na fiscalização dos recursos. O prefeito não gosta de ser fiscalizado, mas nós temos que fazer uma fiscalização minuciosa. Temos também que conscientizar a população sobre qual o papel de cada um, do Executivo e do Legislativo”.

Lucas Dutra dos Santos

(Professor Lucas)

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!