domingo, outubro 24, 2021
InícioSem categoriaApós chuva forte, moradores de Seropédica ficam sem energia

Após chuva forte, moradores de Seropédica ficam sem energia

Moradores do bairro Campo Lindo ficaram mais de 48 horas sem energia elétrica após as chuvas fortes que atingiram Seropédica no final da tarde de sexta-feira (25). De acordo com relatos, após a chuva equipes da Light estiveram em algumas ruas e repararam o problema, mas o serviço de alimentação elétrica não chegou à localidade conhecida como Vasquinho, o que gerou prejuízos para moradores e comerciantes da região. Revoltados, moradores fecharam a Rua Niterói em frente a Clinica da família com galhos das árvores que foram podados pela própria empresa.  Os moradores relataram ainda que pretendem entrar com processo contra a empresa fornecedora de energia pedindo ressarcimento do prejuízo. Nas redes sociais, a falta de luz é alvo de diversas reclamações. “Aqui no km 42 as oscilações são constantes, não podemos usar o ar

Moradores do bairro Campo Lindo ficaram mais de 48 horas sem energia elétrica após as chuvas fortes que atingiram Seropédica no final da tarde de sexta-feira (25).

De acordo com relatos, após a chuva equipes da Light estiveram em algumas ruas e repararam o problema, mas o serviço de alimentação elétrica não chegou à localidade conhecida como Vasquinho, o que gerou prejuízos para moradores e comerciantes da região.

Revoltados, moradores fecharam a Rua Niterói em frente a Clinica da família com galhos das árvores que foram podados pela própria empresa.  Os moradores relataram ainda que pretendem entrar com processo contra a empresa fornecedora de energia pedindo ressarcimento do prejuízo.

Nas redes sociais, a falta de luz é alvo de diversas reclamações. “Aqui no km 42 as oscilações são constantes, não podemos usar o ar condicionado a noite, pois cai a todo o momento”, escreveu uma moradora. “Jardim Maracanã também falta energia quase todos os dias e queda de energia também Rede elétrica muita antiga transformadores , não aguenta mais a população cresceu a demanda também”, relatou outra moradora em uma publicação.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!