terça-feira, outubro 26, 2021
InícioItaguaíApós audiência, Sepe Seropédica mantém estado de greve

Após audiência, Sepe Seropédica mantém estado de greve

O imbróglio envolvendo o Sindicado dos Servidores da Educação (Sepe) de Seropédica e a prefeitura ganhou um novo capítulo. Durante uma audiência de conciliação, realizada na quarta-feira (20), o município não apresentou nenhuma proposta para resolver a questão do reajuste anual para os servidores e o pagamento das progressões por formação e da insalubridade. Dentre as propostas apresentada pelo Sepe na audiência foi que o pagamento dos servidores seja efetuado integralmente até o final de março. Sobre os pagamentos em relação a insalubridade, o sindicato propôs que seja efetivado até junho, sobre os atrasados, a proposta é que o pagamento integral seja até dezembro de 2019. O Ministério Público propôs que fosse fixada uma multa caso haja descumprimento das obrigações por parte do município.  A juíza responsável

O imbróglio envolvendo o Sindicado dos Servidores da Educação (Sepe) de Seropédica e a prefeitura ganhou um novo capítulo. Durante uma audiência de conciliação, realizada na quarta-feira (20), o município não apresentou nenhuma proposta para resolver a questão do reajuste anual para os servidores e o pagamento das progressões por formação e da insalubridade.

Dentre as propostas apresentada pelo Sepe na audiência foi que o pagamento dos servidores seja efetuado integralmente até o final de março. Sobre os pagamentos em relação a insalubridade, o sindicato propôs que seja efetivado até junho, sobre os atrasados, a proposta é que o pagamento integral seja até dezembro de 2019.

O Ministério Público propôs que fosse fixada uma multa caso haja descumprimento das obrigações por parte do município. 

A juíza responsável pelo caso, Anna Luiza Campos Lopes Soares Valle, deu até segunda-feira (25) para a Prefeitura de Seropédica se manifeste. Ainda segundo a decisão, não será admitido nenhum pedido de prorrogação.

Sobre o pedido do MP, sobre a aplicação de multa, a juíza fixou o valor de cem mil reais em descumprimento das obrigações. O sepe informou, nas redes sociais que apesar da vitória, mantém o estado de greve, mas a paralisação de 24 horas marcada para quinta-feira (21).  

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!