terça-feira, outubro 26, 2021
InícioSem categoriaVereador propõe redução de salários do Executivo e do Legislativo

Vereador propõe redução de salários do Executivo e do Legislativo

Em mais uma polêmica, o vereador Gil Torres propôs a criação de um projeto para redução de salário do prefeito, vice, vereadores e secretários O vereador Gil Torres (Podemos) usou a tribuna durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI), na terça-feira (22), para criar mais uma polêmica entre os colegas e os futuros pré-candidatos às eleições municipais de 2020. Ao contrário da sessão de terça-feira passada, quando propôs a diminuição do número de cadeiras da CMI, de 17 para 13, dessa vez o parlamentar pediu aos demais edis que criassem um projeto para reduzir os salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito, secretários e subsecretários.  Durante a proposta sugerida pelo vereador, um notório silêncio pode ser notado no plenário e alguns burburinhos na assistência, num sinal de que o projeto nã

Em mais uma polêmica, o vereador Gil Torres propôs a criação de um projeto para redução de salário do prefeito, vice, vereadores e secretários

O vereador Gil Torres (Podemos) usou a tribuna durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI), na terça-feira (22), para criar mais uma polêmica entre os colegas e os futuros pré-candidatos às eleições municipais de 2020. Ao contrário da sessão de terça-feira passada, quando propôs a diminuição do número de cadeiras da CMI, de 17 para 13, dessa vez o parlamentar pediu aos demais edis que criassem um projeto para reduzir os salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito, secretários e subsecretários. 

Durante a proposta sugerida pelo vereador, um notório silêncio pode ser notado no plenário e alguns burburinhos na assistência, num sinal de que o projeto não seguirá adiante, por se tratar de redução salarial, ainda mais de políticos. Gil Torres disse que após a sua primeira proposta, para diminuir o número de cadeiras, recebeu várias críticas de alguns pré-candidatos. “Eu queria propor outro projeto de lei para diminuir os salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários. Peço aos excelentíssimos vereadores assinem esse projeto comigo e, de preferência que seja nominal aqui em plenário. O projeto é bem simples: fixa o subsídio do prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários municipais e subsecretários do município de Itaguaí. Eu acho que é muito dinheiro para muita autoridade à toa. Secretário com o teto de R$ 20 mil agora caiu para R$ 15 mil e prefeito ganhando R$ 20 mil. Acho que tem baixar o salário de vereador para R$ 5 mil, do prefeito para R$ 5 mil, do vice-prefeito para R$ 3 mil e do secretário também para R$ 3 mil”, sugeriu Gil Torres.

Após o pronunciamento do vereador Gil Torres, nenhum parlamentar usou a palavra para comentar a proposta.

MUDANÇA DE ENDEREÇO

Dando prosseguimento aos trabalhos, os vereadores aprovaram os requerimentos e pareceres constantes na Ordem do Dia. Dentre os documentos aprovados, podemos destacar a indicação do vereador Reinaldo do Frigorífico (PR), que solicitou à mesa diretora o encaminhamento de um ofício ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro pedindo a manutenção do Cartório da 105ª Zona Eleitoral da Comarca de Itaguaí, situada na Rua Moisés Abraão, no Centro. Segundo o parlamentar, o atendimento aos eleitores estaria sendo transferido para Shopping PátioMix.

Reinaldo do Frigorífico usou a tribuna para explicar a sua indicação. Ele disse que há 15 dias atrás, quando esteve no Shopping PátioMix, deparou-se com um cartaz afixado em uma sala do empreendimento informando que o Cartório da 105ª Zona Eleitoral estaria se transferindo para o shopping. “Estou solicitando à presidência da mesa diretora para que encaminhe um ofício ao presidente TRE-RJ para que revisse essa decisão, que vai ocasionar uma série de problemas aos eleitores da nossa cidade. No shopping não tem uma agência bancária, o eleitor vai ter custo maior com o transporte, já que se precisar pagar alguma taxa, guia de justificativa de voto, terá que se deslocar ao centro de Itaguaí. O gasto do leitor será de R$ 14. Nós temos várias lojas no centro que poderia abrigar o cartório do TRE”, justificou o vereador.

VEREADOR REINALDO Frigorífico solicita encaminhamento ao TRE-RJ revisão na mudança do cartório eleitoral

DISCUSSÃO FINAL

Os vereadores também aprovaram, por unanimidade, em discussão final, o projeto de lei de autoria do Poder Executivo, que fixa o piso salarial do professor DE-1 (professor do primeiro ao quinto ano) do município. Eles também aprovaram o projeto de lei de autoria do vereador Willian Cezar (PSB), que institui o “Agosto Limpo” como mês de combate à poluição na cidade de Itaguaí.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!