quinta-feira, outubro 21, 2021
InícioSem categoriaRoubo de cargas apresenta queda em 2020, segundo ISP

Roubo de cargas apresenta queda em 2020, segundo ISP

Quando comparado ao ano passado, o indicador apresentou queda de 34% em relação ao acumulado do ano e de 38% quando confrontado com outubro

 

INDICADOR O Instituto de Segurança Pública (ISP), divulgou nesta terça-feira (22), dados em que mostra queda no roubo de carga este ano, em comparação com o mesmo período de 2019. Segundo ISP, foram 4.196 casos nos dez meses de 2020 e 358 em outubro. Quando comparado ao ano passado, o indicador apresentou queda de 34% em relação ao acumulado do ano e de 38% quando confrontado com outubro. 

O ISP informou que realizou um estudo pioneiro para identificar os reflexos do isolamento social, provocado pela pandemia da Covid- 19, na redução de roubos. O Instituto de Segurança Pública cruzou os registros da Polícia Civil com os dados do histórico de localização dos usuários do Google.

Segundo a pes

Quando comparado ao ano passado, o indicador apresentou queda de 34% em relação ao acumulado do ano e de 38% quando confrontado com outubro

 

INDICADOR O Instituto de Segurança Pública (ISP), divulgou nesta terça-feira (22), dados em que mostra queda no roubo de carga este ano, em comparação com o mesmo período de 2019. Segundo ISP, foram 4.196 casos nos dez meses de 2020 e 358 em outubro. Quando comparado ao ano passado, o indicador apresentou queda de 34% em relação ao acumulado do ano e de 38% quando confrontado com outubro. 

O ISP informou que realizou um estudo pioneiro para identificar os reflexos do isolamento social, provocado pela pandemia da Covid- 19, na redução de roubos. O Instituto de Segurança Pública cruzou os registros da Polícia Civil com os dados do histórico de localização dos usuários do Google.

Segundo a pesquisa, houve relação direta do isolamento com a redução nos roubos de rua (42%) e nos roubos de veículo (33%), no comparativo de janeiro a setembro.  A exceção é para o roubo de carga, que também apresentou queda este ano, mas não há ligação com o menor número de pessoas nas ruas. A partir do mês de junho, a pesquisa mostra que o nível de distanciamento social começou a diminuir no estado. No mesmo período, houve um leve aumento nos números de roubos de rua e de veículos, fenômeno não observado para o roubo de cargas.

Para o assessor da presidência da Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro (Fetranscarga), Sérgio Viana, o trabalho das polícias tem sido fundamental para coibir o crime. “Desde o início da pandemia os caminhões continuam circulando. Essa redução do roubo de carga foi fruto do trabalho das polícias militar, civil e rodoviária federal. Este ano a queda é bem significativa, mas mesmo assim, ainda temos prejuízo de valores altos, renovação de seguro, investimentos na área de segurança, empresas que fazem rastreamento. Tudo isso aumenta o custo do nosso serviço. A gente identifica, que aqui no Rio, os pontos cruciais são a Avenida Brasil, e a chegada da Rio-Petrópolis e da Rio-São Paulo na Avenida Brasil. Espero que em 2021, a gente consiga continuar esse trabalho em parceria com as polícias para reduzir ainda mais esse índice”, ressaltou Sérgio Viana.

O titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), delegado Vinícius Ferreira Domingos, disse que os agentes atuam em três frentes principais para coibir o roubo e cargas. “Repressão por meio de equipes que realizam rondas diárias nas principais rodovias e vias da capital e Região Metropolitana, investigações das principais quadrilhas atuantes nos roubos de cargas e na captura dos principais alvos selecionados através das investigações desta especializada. Os dados do ISP são primordiais para a análise dos locais de abordagem. Assim, a Inteligência da unidade consegue determinar diariamente os locais onde há necessidade de maior policiamento”, delegado. 

 

ATUAÇÕES DA PM E PRF

A Polícia Militar (PM) faz patrulhamento em rodovias federais em apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e intensificou o policiamento ostensivo nas rodovias estaduais, especialmente as que cortam áreas importantes da Região Metropolitana, como a RJ-104 e RJ-106. A ação acontece de forma integrada entre o Batalhão de Polícia Rodoviária e os batalhões de área. Além disso, a PM ampliou a presença de policiais nas vias expressas, especialmente Avenida Brasil e linhas Vermelha e Amarela, empregando efetivo de unidades especializadas. Vale destacar o programa Perímetro Verde, que concentra um policiamento ainda maior nas regiões de Acari, Pavuna, Costa Barros, São João de Meriti e Belford Roxo. “O atual comando da PM, que teve a gestão iniciada em 2019, vem concentrando esforços no combate ao roubo de cargas. Seja nas principais vias ou no perímetro urbano como um todo, estratégias como a expansão da presença de nossas equipes e a intensificação de abordagens estão direcionando as ações de nossos batalhões. Consequentemente, estão proporcionando uma diminuição da incidência deste tipo de prática. Os dados compilados pelo ISP apontam essa redução”, disse o porta-voz da Polícia Militar, Major Ivan Blaz.   

De acordo com ISP, o roubo de veículos também apresentou queda. Foram 21.048 ocorrências nos dez meses de 2020 e 1.899 em outubro. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 37% em relação ao acumulado do ano e em relação a outubro

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!