domingo, novembro 28, 2021
InícioItaguaíConstruções irregulares avançam na Praia Quatiquara

Construções irregulares avançam na Praia Quatiquara

Novas construções estão sendo erguidas em Área de Proteção Ambiental 

 

DENÚNCIA Moradores da Praia da Quatiquara, na Ilha de Itacuruçá, não sabem mais a quem recorrer para impedir as construções irregulares que tomam conta do local que pertence ao município de Itaguaí. Não é de hoje que os moradores alertam as autoridades para intensificar a fiscalização de novas construções que avançam em Área de Proteção Ambiental (APA). 

De acordo com os moradores, os invasores não se intimidam com a fiscalização que a Prefeitura de Itaguaí chegou a realizar em 2019 após outras denúncias. Segundo eles, as novas construções estão a poucos metros da areia da praia e outras foram construídas em áreas de manguezais. “Os invasores aproveitaram o relaxamento na fiscalização e estão construindo ou ampliando casas e comércios ir

Novas construções estão sendo erguidas em Área de Proteção Ambiental 

 

DENÚNCIA Moradores da Praia da Quatiquara, na Ilha de Itacuruçá, não sabem mais a quem recorrer para impedir as construções irregulares que tomam conta do local que pertence ao município de Itaguaí. Não é de hoje que os moradores alertam as autoridades para intensificar a fiscalização de novas construções que avançam em Área de Proteção Ambiental (APA). 

De acordo com os moradores, os invasores não se intimidam com a fiscalização que a Prefeitura de Itaguaí chegou a realizar em 2019 após outras denúncias. Segundo eles, as novas construções estão a poucos metros da areia da praia e outras foram construídas em áreas de manguezais. “Os invasores aproveitaram o relaxamento na fiscalização e estão construindo ou ampliando casas e comércios irregulares. Têm construções com obras já no segundo pavimento. Cada dia uma nova edificação surge e ninguém faz nada. Nos fins de semana a aglomeração é certa, ninguém respeita o distanciamento social e ainda coloca em risco a vida dos moradores”, contou o pescador artesanal e morador que preferiu não se identificar. “Esperamos que o novo prefeito olhe por nós e pelo meio ambiente”, completou.    

Os moradores disseram que a última fiscalização, que foi até noticiada pelo Atual, aconteceu em março de 2019. Na ocasião, uma operação conjunta entre a Prefeitura de Itaguaí e a Capitania dos Portos em Itacuruçá derrubou dois quiosques construídos com bambus e madeiras na areia da praia. A ação foi realizada nas praias da Quatiquara e do Boi, na Ilha de Itacuruçá, parte que pertencem ao município. 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!