segunda-feira, outubro 18, 2021
InícioSem categoriaProva de vida será obrigatória a partir de novembro

Prova de vida será obrigatória a partir de novembro

PREVIDÊNCIA De acordo com o Rioprevidência, a prova de vida, ou recadastramento anual, vai começar no estado a partir do mês de novembro.

Este ano, houve previsões de o procedimento passar a ser cobrado em outros meses (como em junho), mas por conta das indefinições de como se dará a iniciativa, a autarquia acabou tendo que adiar o começo.

A prova de vida é um mecanismo que ajuda no controle de pagamentos de benefícios previdenciários, evitando, assim, irregularidades e fraudes. Com essa nova exigência, quem não fizer a atualização de dados terá o benefício suspenso, a exemplo de como ocorre com aposentados e pensionistas do município do Rio.

O procedimento será feito na instituição financeira que administra a folha de pagamentos do estado, que é o Banco Bradesco. O mês em que o inativo e o pensionista terão atualizar seu cadastro

PREVIDÊNCIA De acordo com o Rioprevidência, a prova de vida, ou recadastramento anual, vai começar no estado a partir do mês de novembro.

Este ano, houve previsões de o procedimento passar a ser cobrado em outros meses (como em junho), mas por conta das indefinições de como se dará a iniciativa, a autarquia acabou tendo que adiar o começo.

A prova de vida é um mecanismo que ajuda no controle de pagamentos de benefícios previdenciários, evitando, assim, irregularidades e fraudes. Com essa nova exigência, quem não fizer a atualização de dados terá o benefício suspenso, a exemplo de como ocorre com aposentados e pensionistas do município do Rio.

O procedimento será feito na instituição financeira que administra a folha de pagamentos do estado, que é o Banco Bradesco. O mês em que o inativo e o pensionista terão atualizar seu cadastro será o mesmo do aniversário. A princípio sempre do 11º ao 25º dia, para todo o aniversariante do mês.

O Rioprevidência ainda divulgará mais detalhes sobre a medida.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!