quarta-feira, outubro 27, 2021
InícioItaguaíProjeto do Comitê Guandu é tema de evento na UFFRJ

Projeto do Comitê Guandu é tema de evento na UFFRJ

EVENTO

A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro realizou, entre os dias 5 e 8 de novembro, a IV Jornada de Geotecnologias 2018 (IV JGEOTEC). O evento reuniu alunos, pesquisadores, professores de várias universidades do estado do Rio, além de ambientalistas e interessados.

Promovido pela UFRRJ, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade Estadual do Rio de Janeiro, o encontro tinha por objetivo proporcionar a integração das pesquisas que vêm sendo realizadas nas universidades do estado do Rio de Janeiro, e ampliar as trocas de conhecimento produzidos no campo das geotecnologias.

Um dos projetos temas da IV JGEOTEC foi o Sistema de Informações Geográficas e Geoambientais das Bacias Hidrográficas dos Rios Guandu (Siga-Guandu), da Guarda e Guandu-Mirim. Durante uma palestra, realizada na quarta-feira (

EVENTO

A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro realizou, entre os dias 5 e 8 de novembro, a IV Jornada de Geotecnologias 2018 (IV JGEOTEC). O evento reuniu alunos, pesquisadores, professores de várias universidades do estado do Rio, além de ambientalistas e interessados.

Promovido pela UFRRJ, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade Estadual do Rio de Janeiro, o encontro tinha por objetivo proporcionar a integração das pesquisas que vêm sendo realizadas nas universidades do estado do Rio de Janeiro, e ampliar as trocas de conhecimento produzidos no campo das geotecnologias.

Um dos projetos temas da IV JGEOTEC foi o Sistema de Informações Geográficas e Geoambientais das Bacias Hidrográficas dos Rios Guandu (Siga-Guandu), da Guarda e Guandu-Mirim. Durante uma palestra, realizada na quarta-feira (7), os participantes puderam conhecer, aprender e tirar dúvidas sobre o projeto que reúne dados em uma plataforma online, simples e gratuita, e apresenta um conjunto de soluções que subsidiam o monitoramento e acompanhamento das estações hidrológicas e meteorológicas, além de informações sobre a situação qualitativa e quantitativa da água.

O palestrante Andrei Olak, da k2 Sistemas, desenvolvedor da plataforma explicou ao público presente a utilidade do Siga-Guandu, como as informações acerca dos recursos hídricos, dados sobre o solo de toda Região Hidrográfica II (RH II), análise de informações com referência geográfica na RH II e o fornececimento shapes que podem ser baixados gratuitamente, sendo fonte para pesquisas, estudos e tomada de decisões.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!