quarta-feira, outubro 20, 2021
InícioItaguaíPrograma Vem Passarinhar promoveu a observação de 498 espécies de aves

Programa Vem Passarinhar promoveu a observação de 498 espécies de aves

Quase 500 espécies de aves puderam ser avistadas através do Programa Vem Passarinhar, realizado entre 2015 e 2018 nas 20 Unidades de Conservação administradas pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) que contempladas por essa iniciativa. A atividade tem a finalidade de estimular a prática de observação de aves em vida livre, uma ferramenta de conservação através da visitação nas unidades de conservação do Estado do Rio de Janeiro. As passarinhadas levaram, nos últimos quatro anos, 1.028 observadores de aves às trilhas das unidades de conservação contempladas pelo projeto. Vale ressaltar que, desse total de espécies observadas, 60 delas encontram-se ameaçadas de extinção, e outras 114 são endêmicas da Mata Atlântica. Dentre as espécies ameaçadas estão o formigueiro-do-litoral (Formicivora littoralis), o chauá (Amazona rhodoco

Quase 500 espécies de aves puderam ser avistadas através do Programa Vem Passarinhar, realizado entre 2015 e 2018 nas 20 Unidades de Conservação administradas pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) que contempladas por essa iniciativa. A atividade tem a finalidade de estimular a prática de observação de aves em vida livre, uma ferramenta de conservação através da visitação nas unidades de conservação do Estado do Rio de Janeiro.

As passarinhadas levaram, nos últimos quatro anos, 1.028 observadores de aves às trilhas das unidades de conservação contempladas pelo projeto. Vale ressaltar que, desse total de espécies observadas, 60 delas encontram-se ameaçadas de extinção, e outras 114 são endêmicas da Mata Atlântica. Dentre as espécies ameaçadas estão o formigueiro-do-litoral (Formicivora littoralis), o chauá (Amazona rhodocorytha), a tiriba-grande (Pyrrhura cruentata) e a águia-cinzenta (Urubitinga coronata).

O programa Vem Passarinhar, além de promover a prática de observação de aves como forma de estímulo à visitação e à conservação da biodiversidade das unidades de conservação estaduais, além de essencial para a gestão da biodiversidade, para a elaboração de estratégias de conservação e manejo das espécies e para a sensibilização da sociedade quanto à conservação.

O ano de 2019 marcará o quinto ano da criação do programa. O primeiro Vem Passarinhar do ano será realizado na Reserva Biológica Estadual de Guaratiba, nos dias 12 e 13 de janeiro.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!