sexta-feira, dezembro 3, 2021
InícioSem categoriaPrefeitura de Itaguaí é investigada pelo TCE

Prefeitura de Itaguaí é investigada pelo TCE

INVESTIGAÇÃO Mais uma vez a Prefeitura de Itaguaí se vê enrolada com a Justiça, na questão da Saúde do município.  O Ministério Público já tinha aberto uma investigação após a UPA ficar fechada por dois anos enquanto recebia verba federal.

Dessa vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), investiga como o município gastou quase seis milhões de reais (R$ 5.582.916). Os gastos foram em medicamentos em fevereiro de 2017, mas não há qualquer licitação sobre as compras. Sobretudo, faltam o detalhamento dos preços dos medicamentos. Em um dos pedidos de compra, os valores dos medicamentos passam dos R$ 2 milhões.

Os pedidos foram feitos em caráter de urgência, e não foram apresentadas notas fiscais das compras nem os fornecedores. O TCE cobra o preço detalhado dos medicamentos e quer que a prefeitura disponibilize as notas fiscais d

INVESTIGAÇÃO Mais uma vez a Prefeitura de Itaguaí se vê enrolada com a Justiça, na questão da Saúde do município.  O Ministério Público já tinha aberto uma investigação após a UPA ficar fechada por dois anos enquanto recebia verba federal.

Dessa vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), investiga como o município gastou quase seis milhões de reais (R$ 5.582.916). Os gastos foram em medicamentos em fevereiro de 2017, mas não há qualquer licitação sobre as compras. Sobretudo, faltam o detalhamento dos preços dos medicamentos. Em um dos pedidos de compra, os valores dos medicamentos passam dos R$ 2 milhões.

Os pedidos foram feitos em caráter de urgência, e não foram apresentadas notas fiscais das compras nem os fornecedores. O TCE cobra o preço detalhado dos medicamentos e quer que a prefeitura disponibilize as notas fiscais das compras.

Em entrevista a TV Globo, o prefeito Charlinho negou que a prefeitura tenha feito compras nesses valores. Recentemente, o prefeito teve o diploma cassado em setembro deste ano.

CAOS NA SAÚDE

Não é de hoje que os descasos com saúde no Governo Charlinho vem sendo noticiado. Falta de insumos e medicamentos no Hospital Municipal São Francisco Xavier, Upa está fechada há dois anos. Outro problema é o tomógrafo, que está sem funcionar. Estes são alguns problemas enfrentados pela população de Itaguaí na área da saúde.

Em Junho deste ano, o Ministério Público Federal (MPF) passou a investigar a prefeitura. O MPF procurou saber aonde foram parar cerca de R$ 10 milhões de verbas parlamentares enviadas ao município em 2017.

O MPF enviou à prefeitura um ofício cobrando explicações, já que no fim de 2017, Itaguaí declarou estado de calamidade financeira. No ano passado, a prefeitura disse não ter condições de arcar com os gastos da saúde, por exemplo, como salários de funcionários.

Em relação a UPA, a portaria decretou o descredenciamento da unidade e determinou que a prefeitura devolvesse cerca de R$ 6 milhões ao governo federal.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!