Porto de Itaguaí: PF descobre “estrutura permanente” para tráfico de drogas

Agentes da Polícia Federal deflagraram na manhã desta terça-feira (14) a Operação Nephelos no Porto de Itaguaí. Com o objetivo de combater o tráfico internacional de drogas a partir da instalação aquaviária, os policiais encontraram uma “estrutura permanente” para a prática.

De acordo com a PF, a investigação teve início em abril de 2021 com a apreensão de 342 kg de cocaína no Porto de Itaguaí. A droga estava armazenada em toras de madeira que se encontravam no interior de um contêiner com destino à Europa – a operação indica que países da África também eram destino dos entorpecentes que saíam do ancoradouro itaguaiense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

LEIA MAIS

Porto de Itaguaí: processo seletivo tem 100 vagas para estiva

Itaguaí: operação da PM tem ônibus queimado e dois presos

Na ação desta terça, os policiais federais tinham a cumprir um mandado de prisão preventiva e 25 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A PF informou que houve a prisão do alvo principal da operação – que não teve a identidade revelada – e de um homem por porte ilegal de arma de fogo, além das seguintes apreensões: uma arma de fogo, que deu origem à prisão em flagrante do indivíduo; um veículo; aparelhos celulares; um equipamento destinado à subtração e alteração de informações da base de dados do INSS (chupa-cabra); equipamentos de informática; e documentos que comprovam a ocultação patrimonial.

Além de Itaguaí, as ações também se estenderam a outros municípios, como Nova Iguaçu, Duque de Caxias, São João de Meriti, Itaboraí, Angra dos Reis e Santos (SP).

OUTROS CRIMES

As apurações da PF também apontam para outras atividades criminosas da mesma quadrilha, além de tráfico de drogas. São elas comércio ilegal de armas de fogo, com a utilização de diversos mecanismos para burlar as fiscalizações portuária e aduaneira; corrupção de menores; e lavagem de dinheiro, por meio da aquisição de veículos, cavalos, lanchas e imóveis.

Vale ressaltar que devido a uma  GLO (Garantia da Lei e da Ordem) assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), as Forças Armadas têm atuado desde o último dia 6 em portos e aeroportos de Rio de Janeiro e São Paulo. A PF informa que por conta desta medida, a corporação reforçou o seu efetivo.

A Marinha do Brasil, por meio da Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá, também participou da ação nesta terça (Divulgação)

Já a Marinha do Brasil, por meio da Delegacia da Capitania dos Portos em Itacuruçá, participou da ação nesta terça ao intensificar suas ações na Baía de Sepetiba. O objetivo foi impedir possíveis tentativas de fuga.

Segundo a Polícia Federal, o nome Nephelos está relacionado à maldade, falsidade, erro e engano, que seriam ferramentas utilizadas pela quadrilha nos crimes.

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
/* */