segunda-feira, outubro 18, 2021
InícioSem categoriaPolícia prende mais dois suspeitos de estupro coletivo em Itaguaí

Polícia prende mais dois suspeitos de estupro coletivo em Itaguaí

Mais dois suspeitos de participar do estupro coletivo de uma menina de 12 anos, em Itaguaí, foram presos na manhã de quinta-feira (28).  Higor Teixeira da Silva, de 22 anos, e Nielson Corrêa Miguel, de 28, foram presos no bairro Jardim Weda, em Itaguaí. Em entrevista ao ATUAL, o titular da 50ª DP (Itaguaí), delegado Marcos Santana informou que a prisão dos suspeitos aconteceu durante uma ação conjunta de agentes do 24º BPM (Queimados) e a 50ª DP. Ainda de acordo com o delegado, os suspeitos foram presos no Weda, após receberem várias denúncias. “Todos os identificados são residentes de Itaguaí. Vamos continuar as diligencias para prender o Marcelo Mendes e conseguir identificar os outros que participaram do crime”, informou o delegado ressaltando que todos os envolvidos no estupro coletivo serão ouvidos e deverão ser encaminhados para

Mais dois suspeitos de participar do estupro coletivo de uma menina de 12 anos, em Itaguaí, foram presos na manhã de quinta-feira (28).  Higor Teixeira da Silva, de 22 anos, e Nielson Corrêa Miguel, de 28, foram presos no bairro Jardim Weda, em Itaguaí.

Em entrevista ao ATUAL, o titular da 50ª DP (Itaguaí), delegado Marcos Santana informou que a prisão dos suspeitos aconteceu durante uma ação conjunta de agentes do 24º BPM (Queimados) e a 50ª DP. Ainda de acordo com o delegado, os suspeitos foram presos no Weda, após receberem várias denúncias. “Todos os identificados são residentes de Itaguaí. Vamos continuar as diligencias para prender o Marcelo Mendes e conseguir identificar os outros que participaram do crime”, informou o delegado ressaltando que todos os envolvidos no estupro coletivo serão ouvidos e deverão ser encaminhados para o complexo penitenciário.

Na quarta-feira (27), o Portal dos Procurados divulgou um cartaz oferecendo R$ 1 mil para quem ajudar com informações do paradeiro dos acusados. Marcelo Mendes Moreira, de 31 anos continua foragido.  

O crime teria acontecido durante um baile funk no Carnaval no morro do Carvão, no bairro Estrela do Céu. De acordo com a Polícia Civil, a menina foi levada à força para uma casa abandonada, próxima ao local do baile, onde pelo menos 11 homens aguardavam em um banheiro e abusaram sexualmente da vítima. Os bandidos gravaram toda a ação.

Durante as investigações, a polícia encontrou o local do crime e identificou os quatro suspeitos.  Na terça-feira (26), agentes da 50ª DP (Itaguaí) prenderam Jorge Luís da S. Peres, de 18 anos, em Santa Cruz, na Zona Oeste.

A menina, de 12 anos, contou em depoimento que levou uma gravata e foi levada até o gerente do tráfico para ser abusada. A adolescente, que não mora na comunidade, relatou na delegacia que aproveitou que os pais não estavam em casa e foi até o local porque tinha curiosidade de conhecer o baile funk.

Além da apuração do estupro coletivo, o delegado disse ao ATUAL que a Polícia Civil vai abrir uma investigação sobre o compartilhamento das imagens da jovem.

Quem tiver qualquer informação a respeito da identificação e localização do acusado, pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular. O Anonimato é garantido.

 

FOTO NICOLAS TEIXEIRA – O delegado Marcos Santana falou ao ATUAL sobre as prisões dos suspeitos

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!