quarta-feira, outubro 20, 2021
InícioItaguaíMeio Ambiente interdita condomínio em Mangaratiba

Meio Ambiente interdita condomínio em Mangaratiba

O clube náutico do condomínio também foi interditado por não possuir licença ambiental vigente, além de diversas outras irregularidades A Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba interditou e autuou na tarde de segunda-feira (7) o condomínio Sítio Bom. A ação foi devido ao descarte irregular de resíduos sólidos, que estavam sendo colocados na Rodovia Rio-Santos, totalmente fora dos parâmetros da Lei Nacional de Resíduos Sólidos 12.305 de 2010, que aborda o gerenciamento de resíduos. Os agentes também interditaram e autuaram o clube náutico do condomínio por não possuir licença ambiental vigente, além de diversas outras irregularidades. Segundo o titular da pasta, Antonio Marcos, seus agentes flagraram o ato irregular. “A nossa equipe foi ao local para vistoriar e surpreendeu os funcionários descartando o lixo. O síndico do c

O clube náutico do condomínio também foi interditado por não possuir licença ambiental vigente, além de diversas outras irregularidades

A Secretaria de Meio Ambiente de Mangaratiba interditou e autuou na tarde de segunda-feira (7) o condomínio Sítio Bom. A ação foi devido ao descarte irregular de resíduos sólidos, que estavam sendo colocados na Rodovia Rio-Santos, totalmente fora dos parâmetros da Lei Nacional de Resíduos Sólidos 12.305 de 2010, que aborda o gerenciamento de resíduos. Os agentes também interditaram e autuaram o clube náutico do condomínio por não possuir licença ambiental vigente, além de diversas outras irregularidades.

Segundo o titular da pasta, Antonio Marcos, seus agentes flagraram o ato irregular. “A nossa equipe foi ao local para vistoriar e surpreendeu os funcionários descartando o lixo. O síndico do condomínio não quis assinar as notificações, mas ela será publicada de qualquer forma no diário oficial. Não vamos permitir que os empreendimentos não respeitem as normas ambientais em Mangaratiba”.

A ação da secretaria foi devido ao descarte irregular de resíduos sólidos na Rodovia Rio-Santos

A engenheira ambiental e sanitarista da Secretaria de Meio Ambiente, Karla Ayres, que conta com especialização em perícias ambientais e sanitárias destacou algumas irregularidades no clube náutico do condomínio: indícios de poluição por falta de saneamento básico; canaletas com oxidação e assoreadas, causando vazamento; piso rachado tirando a impermeabilização, o sistema que separa água e óleo não está funcionando adequadamente, causando o vazamento de óleo inclusive no rio que passa ao lado, constituíram irregularidade ambiental por construir na faixa marginal de proteção ao rio, além do condicionamento de lixo de forma incorreta, inclusive com resíduos com óleo descartados em lixo comum do condomínio.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!