terça-feira, dezembro 7, 2021
InícioDestaqueMangaratiba promove mutirão de vacinação contra a Covid-19

Mangaratiba promove mutirão de vacinação contra a Covid-19

Imunização vai acontecer em todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município e no Crasp da Praia do Saco, das 8h às 15h

A Secretaria de Saúde de Mangaratiba vai promover na quinta-feira (28), um mega mutirão de vacinação contra a Covid-19 na cidade. De acordo com a secretaria, o evento vai acontecer em todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município e no Crasp da Praia do Saco, das 8h às 15h. A Prefeitura de Mangaratiba informa que poderão se vacinar com a 1ª dose, 2ª dose ou a dose de reforço, qualquer pessoa que tenha acima de 12 anos. Para participar do evento não será necessário realizar agendamento. A prefeitura informou ainda que, a partir do dia (28), seguindo recomendações do Ministério da Saúde, o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer será de apenas de 30 dias. Sendo assim, quem já tiver cumprido esse intervalo poderá antecipar a aplicação da segunda dose. Não será preciso aguardar a data pr

A Secretaria de Saúde de Mangaratiba vai promover na quinta-feira (28), um mega mutirão de vacinação contra a Covid-19 na cidade. De acordo com a secretaria, o evento vai acontecer em todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município e no Crasp da Praia do Saco, das 8h às 15h. A Prefeitura de Mangaratiba informa que poderão se vacinar com a 1ª dose, 2ª dose ou a dose de reforço, qualquer pessoa que tenha acima de 12 anos. Para participar do evento não será necessário realizar agendamento.

A prefeitura informou ainda que, a partir do dia (28), seguindo recomendações do Ministério da Saúde, o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer será de apenas de 30 dias. Sendo assim, quem já tiver cumprido esse intervalo poderá antecipar a aplicação da segunda dose. Não será preciso aguardar a data pré-agendada no cartão de vacinação. Basta apresentar o CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação.

A Secretaria de Saúde explica que a dose de reforço só está sendo aplicada em idosos com 60 anos ou mais e profissionais de saúde que já tenham completado o intervalo de 06 meses após a segunda dose ou em imunossuprimidos com 18 anos ou mais que tenham completando o intervalo de 28 dias após a segunda dose.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!