domingo, agosto 14, 2022
InícioDestaqueItaguaí: morre menina baleada na cabeça no Carvão

Itaguaí: morre menina baleada na cabeça no Carvão

Autor do disparo foi identificado e disse que alvo era bandido rival. Esther Vitória, 5 anos, estava em estado grave no Hospital Pedro II

A menina Esther Vitória de Melo Pires – de apenas cinco anos – que havia sido baleada na cabeça durante tiroteio no Carvão em Itaguaí na quarta-feira (20), morreu na manhã desta quinta-feira (21). Ela estava internada no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, em estado grave.

A Polícia Militar (PM) informou que prendeu em Itaguaí o autor do disparo que vitimou a menina.

O nome dele é Caio Cezar Barbosa. Segundo a polícia, ele confessou o crime na 50{ DP, onde está preso. Ele tem 23 anos, responde pela alcunha de “Pivete” e foi preso no bairro do Engenho, graças a uma ação conjunta entre a PM e a Polícia Civil.

Caio contou para os policiais que atua no tráfico de drogas no Carvão e que ouviu pelo rádio comunicador que havia um rival de outra facção na comunidade. Contou também que o disparo aconteceu porque ele viu esse rival em luta corporal com outro traficante da localidade, e que acertou a menina por engano.

O delegado Marcos Santana Gomes, da 50ª DP, contou para a imprensa da capital que conseguiu identificar o outro homem que estava na comunidade, e que ele estava de posse da arma de Caio (“Pivete”), que foi deixada pelos traficantes junto a ele para incriminá-lo. O nome dele é, segundo a polícia, Carlos Magno Silva Ferreira. Ele foi encontrado amarrado em uma área de mata no Carvão com a arma que Caio usou para efetuar o disparo.

Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!