segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioDestaqueItaguaí: Gil Torres diz que não será candidato nas eleições deste ano

Itaguaí: Gil Torres diz que não será candidato nas eleições deste ano

Presidente da Câmara rebate comentário em rede social e esclarece que não concorre a qualquer cargo eletivo

O presidente da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI), vereador Gil Torres (PSL), publicou uma postagem na sua página pessoal na rede social Facebook, às 10h12 de domingo (13), para desmentir boatos de que será candidato a deputado nas eleições em outubro deste ano. Segundo ele, um candidato da eleição passada (em 2018) se frustrou e, por este motivo, empreende uma perseguição a Torres.

“(…) li na minha página o comentário de um perfil falso, ao qual o dono curte fazer a disseminação de notícias falsas. Ele foi rastreado pela minha equipe e já sabemos quem é (…) hoje vive atrás de fakes, com muito ódio da minha pessoa, como se eu fosse o culpado da derrota dele”, escreveu o vereador.

Imagem que acompanhou texto do presidente da Câmara para desmentir boatos que ligam sua atuação à ideia de se candidatar a deputado. Torres diz que autor de comentário foi candidato em 2018 e o responsabiliza pela derrota (Reprodução Internet)

O comentário que o presidente rechaçou foi o seguinte: ”Gil Torres vai vir como candidato à deputado, por isso ele está trabalhando desta forma em Itaguaí”.

Gil deixou claro que não vai concorrer a cargo público este ano: “Não sou candidato a nada nessas eleições. Pelo contrário, já fui eleito pelo povo e por isso estou na luta por uma Itaguaí melhor”, afirmou.

CPIs E GABINETE ITINERANTE

Os boatos se somam a outros que, inclusive, são alvo de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) na Câmara. Uma carta anônima, que correlaciona Gil Torres ao comando da polícia militar que atua na localidade conhecida como Sem Terra, motivou a abertura da CPI. Torres alarmou-se e incentivou os colegas parlamentares a aprovarem a comissão, no que foi plenamente atendido.

A outra CPI refere-se ao roubo de notebooks comprados pela prefeitura para a Secretaria de Educação. O crime apresenta obscuridades ainda não esclarecidas.

Há alguns meses o presidente empreende ações com um gabinete itinerante que já percorreu vários bairros de Itaguaí. Conforme explicou o presidente em diversas ocasiões, o gabinete itinerante tem como objetivo recolher reivindicações da população à prefeitura que são devidamente transmitidas ao governo de Rubem Vieira (Podemos) pelos funcionários do vereador do PSL.

Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!