segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioDestaqueItaguaí e Seropédica recebem operação “Choque de Ordem” do Inea e da...

Itaguaí e Seropédica recebem operação “Choque de Ordem” do Inea e da secretaria estadual de Ambiente

Agentes atuaram para combater comércio ilegal de carvão, transporte e construção irregulares, venda ilegal de sucata e estabelecimentos sem licença ambiental

A Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais, e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) apoiaram a operação “Choque de Ordem” deflagrada na sexta-feira (11) nos municípios de Itaguaí, Seropédica e Queimados. Um dos objetivos foi o combate às irregularidades ambientais. A ação integrada contou com o Comando de Polícia (CPAm); 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar e o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro). Cerca de 70 pessoas – entre agentes e técnicos – e mais de 15 viaturas participaram das ações.

A equipe da força-tarefa flagrou e reprimiu fabricação e comércio ilegal de carvão. O material era produzido a partir de troncos de árvores da Mata Atlântica, provavelmente oriundas de desmatamentos, em fornos clandestinos. No local, os agentes apreenderam vários sacos repletos de carvão. Eles também detiveram uma pessoa – que foi levada para a 55ª Delegacia de Polícia (Queimados) a fim de prestar esclarecimentos – que poderá responder por crime ambiental.

FALTA DE LICENÇA E DOCUMENTOS

Os agentes e os técnicos também conseguiram impedir o avanço de uma construção irregular e interromperam furto de energia. Em outra incursão, eles flagraram um estabelecimento que comercializava sucata sem a devida licença ambiental. Em ambas as situações, os responsáveis foram detidos e também encaminhados à delegacia.

Depósito de gás com problema de documentação: agentes da força-tarefa fizeram várias abordagens a fim de conferir legalidade de estabelecimentos no que diz respeito à legislação ambiental (Divulgação / Inea)

“Estamos intensificando as nossas operações para sufocar essas práticas ilegais e punir os infratores ambientais. Estamos atuando com o apoio das forças de segurança e não vamos parar”, ressaltou o secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha.

No contexto da operação houve combate ao transporte alternativo irregular com abordagem de veículos. Como resultado, três motoristas foram autuados por falta de documentação. Também houve repressão ao funcionamento de um depósito de gás e de um lava-jato: ambos não tinham licença para operar.

Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!