quarta-feira, maio 18, 2022
InícioDestaqueVídeo: indígenas invadem Parque Cunhambebe em Mangaratiba

Vídeo: indígenas invadem Parque Cunhambebe em Mangaratiba

Inea, que administra o Parque, confirmou que índios estão no local e que houve depredação; prefeito de Mangaratiba publica vídeo com fala de representante do movimento

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), que administra o Parque Estadual Cunhambebe, confirmou que na madrugada de quarta-feira (11) para quinta (12) um grupo de indígenas invadiu o local. Ainda de acordo com o Inea, indivíduos quebraram vidros da guarita e o portão de acesso.

Índios chegaram em ônibus e, segundo o Inea, quebraram vidros da guarita e arrombaram o portão de entrada do Parque (Reprodução Internet)

Postagens no Facebook – cujas informações ainda não estão confirmadas – contam que os indígenas chegaram em oito ônibus e quatro carros, e que a motivação do ato é reivindicar terras. Ainda de acordo com essas publicações, a administração do Parque chamou a polícia, mas os agentes teriam declarado que a solução do conflito depende da Fundação Nacional do Índio (Funai).

O prefeito de Mangaratiba, Alan Campos (Alan Bombeiro, PP) publicou na sua página pessoal no Facebook, por volta de 14h20 desta quinta-feira, um vídeo com o representante dos indígenas, chamado Buraim, que explicou o objetivo da ocupação. Segundo o índio, são 26 nações indígenas representadas na ocupação, e eles reivindicam territórios originais do Parque Cunhambebe. O prefeito Alan Campos aproveitou para dizer que não há motivo para preocupações e que moradores de Mangaratiba não precisam ficar assustados, pois a ocupação, segundo ele (e reiterada por Buraim) é pacífica. Confira o vídeo:

Em nota, o Inea afirmou que funcionários do Parque aguardam a chegada de representantes da Funai para estabelecer negociações. O Atual fez contato com a assessoria de imprensa do órgão federal para conhecer mais detalhes. A Funai acusou recebimento da solicitação, mas ainda não se pronunciou sobre o assunto até o momento.

Veja mais de:
Matérias relacionadas

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!