sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioItaguaíFalta de água afeta alunos em escola de Itaguaí

Falta de água afeta alunos em escola de Itaguaí

DENÚNCIA
Além dos problemas na área da saúde, os moradores de Itaguaí, sofrem com as condições precárias na rede municipal de ensino.

Uma escola está sem água há pelo menos dois meses e o desabastecimento tem prejudicado as aulas. A Escola Municipal Dr Jorge Abrahão, em Mazomba, vem sofrendo com o descaso público. Os diretores estão liberando os alunos mais cedo por causa da falta de água e merenda.

Em entrevista a TV Globo, a mãe de um aluno que não quis se identificar mostrou sua indignação. “A cisterna está com problema de contaminação, então não pode receber o carro pipa. Então as crianças estão saindo 10h, 10:30 sem alimentação, né. E sem contar que ficam lá sem poder ir direito, sem ter água. Os pais começaram a reclamar, os alunos agora estão ficando até 12h, mas continuam ficando sem água”, relatou.

A Cedae

DENÚNCIA

Além dos problemas na área da saúde, os moradores de Itaguaí, sofrem com as condições precárias na rede municipal de ensino.

Uma escola está sem água há pelo menos dois meses e o desabastecimento tem prejudicado as aulas. A Escola Municipal Dr Jorge Abrahão, em Mazomba, vem sofrendo com o descaso público. Os diretores estão liberando os alunos mais cedo por causa da falta de água e merenda.

Em entrevista a TV Globo, a mãe de um aluno que não quis se identificar mostrou sua indignação. “A cisterna está com problema de contaminação, então não pode receber o carro pipa. Então as crianças estão saindo 10h, 10:30 sem alimentação, né. E sem contar que ficam lá sem poder ir direito, sem ter água. Os pais começaram a reclamar, os alunos agora estão ficando até 12h, mas continuam ficando sem água”, relatou.

A Cedae informou que a água que é distribuída passa por tratamento e é sempre analisada. Além disso, os técnicos farão uma vistoria na área. Já a Secretaria de Meio Ambiente também informou que vai vistoriar o local.

Problemas no transporte escolar

Recentemente, pais de alunos de escolas de  Chaperó, na zona rural de Itaguaí, denunciaram a  falta de transporte escolar. Os dependem dos ônibus, mantidos pela prefeitura, para chegar nas unidades de ensino.

As carências no transporte escolar atingem ainda o bairro Raiz da Serra, também na Zona Rural de Itaguaí, onde os moradores relataram as dificuldades enfrentadas por alunos da Escola Municipal São Sebastião para chegar à unidade de ensino devido às más condições de uma ponte de madeira que não permite que os ônibus cheguem à escola.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!