domingo, outubro 24, 2021
InícioSem categoriaEvento destaca a força do negócio do mar no estado

Evento destaca a força do negócio do mar no estado

A participação on line foi o diferencial da Semana Polo do Mar Conecta

INTEGRAÇÃO  O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio de Janeiro (Sebrae-RJ), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-RJ) promoveram, entre os dias 25 e 29, a Semana Polo do Mar Conecta – Informações e Negócios com o objetivo de conectar as micro, pequenas e médias empresas às grandes empresas dos polos competitivos da cadeia da economia do mar criando, com isso, ambiente favorável a geração de negócios contribuindo com o desenvolvimento industrial, tecnológico, ecológico, cultural, educacional, turístico e social do estado.

Durante cinco dias as empresas

A participação on line foi o diferencial da Semana Polo do Mar Conecta

INTEGRAÇÃO  O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio de Janeiro (Sebrae-RJ), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-RJ) promoveram, entre os dias 25 e 29, a Semana Polo do Mar Conecta – Informações e Negócios com o objetivo de conectar as micro, pequenas e médias empresas às grandes empresas dos polos competitivos da cadeia da economia do mar criando, com isso, ambiente favorável a geração de negócios contribuindo com o desenvolvimento industrial, tecnológico, ecológico, cultural, educacional, turístico e social do estado.

Durante cinco dias as empresas disseminaram suas políticas de compras e suas demandas de bens e serviços, promovendo a oportunidade de novos negócios para pequenos e médios empresários. Temas como saúde e desenvolvimento, economia nuclear, defesa e segurança, indústria naval, portuária e construção e logística em ambiente totalmente on line, driblando, com isso, a crise imposta pelo Coronavírus e mostrando que a criatividade supera todos os obstáculos impostos por esse período de quarentena. Prova maior do sucesso da iniciativa foi o número de expectadores que, superando todas as expectativas de público previstas pelos organizadores, chegou a 1.253 participantes. Ao todo foram 25 horas de atividades divididas em 17 palestras, dois talkshows, sete negociações virtuais, duas atividades de qualidade de vida, e dois pockets shows. No evento foi lançado, ainda, o Fórum de Fornecedores do Polo de Saúde de Niterói e o Fórum de Fornecedores do Polo do Mar de Niterói, além da cartilha “Como Vender para Grandes Empreendimentos” e o catálogo de fornecedores com participação na semana.

Para Antonio Florencio de Queiroz Junior, presidente do Sistema Fecomércio RJ e do Conselho Deliberativo do Sebrae RJ, as entidades organizadoras do evento conseguiram atingir seus objetivos, o de conectar as micro e pequenas empresas às grandes: “Se os encontros de negócios são uma ferramenta importante para a troca de informações

e viabilidade de negócios, neste momento eles são primordiais. Fecomércio, Sebrae e Senac cumpriram seus papéis viabilizando, durante a Semana Polo do Mar Conecta, inúmeras oportunidades de negócios conectando micro e pequenas empresas às grandes corporações dos polos competitivos da cadeia da economia do mar”.

Delmo Pinho, secretário de Transporte e Logística do Estado do Rio de Janeiro, que participou do talkshow “Perspectivas de Negócios para o Setor Logístico”, realizado na sexta-feira (29), disse ao Atual que o nível de participação foi significativo e que o evento passou por uma grande prova: “Semana de prova a Semana Polo do Mar Conecta, uma excelente iniciativa do Sebrae e Fecomércio. Relacionando ao tema da logística, tivemos um público interessado e diversificado, com perguntas ótimas e apresentações de sugestões inteligentes que podem ser aproveitadas para a construção de um serviço ativo. Os principais pontos que foram abordados são capazes de constituir uma força tarefa para desenvolvimento do estado. Eu tenho certeza que o resultado final foi muito proveitoso”.

Fecomércio, Sebrae e Senac cumpriram seus papéis viabilizando, durante a Semana Polo do Mar Conecta, inúmeras oportunidades de negócios conectando micro e pequenas empresas às grandes corporações dos polos competitivos da cadeia da economia do mar”, Antonio Queiroz, presidente da Fecomércio

Ao todo, 32 grandes empresas e instituições participaram do evento. Além do Sebrae, Fecomércio e Senac, participaram a UFRRJ, Sesc, Abdan, ANP, OCB/SESCOOP-RJ,  Prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Fazenda,  Secretaria de Transporte e Logística do Estado do Rio de Janeiro, SENAT e Fetranscarga; Cluster Tecnológico Naval do RJ,  Jaguar Land Rover e Cluster Automotivo Sul Fluminense, Nit Negócios e as empresas Condor, Convem, Eletronuclear, Emgepron, Estaleiro Mauá, GE Aviation,Hospital de olhos de Niterói, ICN, Norsul, Nuclep, OEC – Odebrecht Engenharia & Construção, Porto do Açu Operações, RioGaleão, Rosatom, Subsea Seven, Vale e  Acert Nuclear. Itaguaí e Região se destacou na Semana, mostrando sua importância para o estado com a participação representativa da Vale, ICN, Odebrecht, Nuclep e UFRRJ.

Juliana Lima, membro da coordenação de Polos Competitivos da gerência de Grande Empreendimentos do Sebrae, que esteve a frente da organização da Semana Polo do Mar Conecta, destaca que o evento foi desafiador. “Foi um evento inovador, totalmente on line. Conseguimos integrar cadeias produtivas; ter a presença de personalidades importantes de grandes empresas e instituições renomadas para falar com os pequenos negócios, trazendo informações, oportunidades de negócios para gerar desenvolvimento para a economia, fazendo a conexão dos grandes com os pequenos, nesse momento de crise que todos têm passado por conta da Covid-19. E nós, do Sebrae, ficamos muitos felizes e satisfeitos com o resultado por ter sido um evento muito desafiador. A gente fecha esta semana com o sentimento de satisfação e dever cumprido. Aprendemos muito e esperamos realizar outros eventos melhores ainda que este para trazer muito mais oportunidades de negócios para nosso estado”, comemora.

Juliana Lima, Larissa da Silva (em destaque) e Wilton Victorio: trio esteve à frente da organização do evento

Também foi medido o grau de satisfação dos participantes no evento: 98% o avaliaram como ótimo ou bom. Com relação a aquisição de conhecimento adquirido e aplicabilidade, 96% confirmaram como ótimo ou bom, demonstrando, com isso, que o modelo e a forma do Semana do Mar Conecta foi de fato expressivo, como confirma o empresário Akira Taguti: “Achei um evento muito bem conduzido. Muitas informações de grande valia. Um entendimento do impacto econômico desse setor logístico, do setor portuário e demais que fizeram parte desse projeto. Quero parabenizar o Renato Regazzi, todos que estiveram envolvidos com este projeto, que realmente é muito sólido e agregador tanto do ponto de vista das empresas e da possibilidade de aproximação entre as empresas, mas também na capacidade de compartilhamento de informações, do enriquecimento das pessoas envolvidas, dos espectadores, da troca de informação entre os palestrantes. Gostei muito mesmo… Fiquei muito bem impressionado”.

 

Leia também na página 16 o artigo de Renato Regazzi, gerente de Grandes Empreendimentos do Sebrae, intitulado “’Economia do Mar’, uma estratégia de saída da crise e retomada do desenvolvimento econômico e social”

 

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!