quinta-feira, outubro 28, 2021
InícioItaguaíENTREVISTA: vereador Fernando do Zé Luiz do Posto, presidente da Comissão de...

ENTREVISTA: vereador Fernando do Zé Luiz do Posto, presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Mangaratiba

Vereador Fernando do Zé Luiz do Posto comenta as ações de seu mandato em favor da melhoria do transporte público em Mangaratiba Por que você decidiu abraçar a questão do transporte público na cidade de Mangaratiba? Antes de eu assumir como vereador, meu pai, José Luiz do Posto, já era vereador e presidiu a CPI contra a Expresso Mangaratiba. Depois que entrei, peguei essa CPI e procurei apoio tanto na rua colhendo assinaturas com os moradores demonstrando sua insatisfação com serviço, quanto na fiscalização das linhas. Mobilizei o Detro através do deputado estadual Jorge Felippe Neto, colocando a eles todas as nossas dificuldades e tudo que foi acordado com a empresa no sentido das adequações e não foi cumprido pela empresa. O transporte público de Mangaratiba sempre foi um problema crítico. Sempre teve reclamação sobre os horári

Vereador Fernando do Zé Luiz do Posto comenta as ações de seu mandato em favor da melhoria do transporte público em Mangaratiba

Por que você decidiu abraçar a questão do transporte público na cidade de Mangaratiba?

Antes de eu assumir como vereador, meu pai, José Luiz do Posto, já era vereador e presidiu a CPI contra a Expresso Mangaratiba. Depois que entrei, peguei essa CPI e procurei apoio tanto na rua colhendo assinaturas com os moradores demonstrando sua insatisfação com serviço, quanto na fiscalização das linhas. Mobilizei o Detro através do deputado estadual Jorge Felippe Neto, colocando a eles todas as nossas dificuldades e tudo que foi acordado com a empresa no sentido das adequações e não foi cumprido pela empresa. O transporte público de Mangaratiba sempre foi um problema crítico. Sempre teve reclamação sobre os horários e a qualidade. Antes, quando era a Expresso Mangaratiba tinha vários acidentes, os passageiros ficavam, as vezes, a pé na rua, porque o ônibus quebrava no meio do caminho. Assim que eu assumi meu mandato em 2017, fui eleito para a Comissão de Transportes da câmara e intensifiquei mais ainda o trabalho nesse seguimento.

O novo transporte público surtiu efeito na cidade? Foi melhor?

Acredito que sim, mas ainda falta muito pra chegar num modelo que seja satisfatório e benéfico para a população. Antes apenas a Expresso Mangaratiba e a Costeira faziam as linhas, depois da interdição do Detro, vieram três novas empresas para a cidade. A Reginas, a Ponte Coberta e a Expresso Recreio. A Reginas e a Ponte Coberta operam bem, não há reclamações sobre o horário, e a frequência dos ônibus. O problema maior é a Expresso Recreio que por atender mais linhas e fazer algo que seria, em tese, responsabilidade do município, deixa muito a desejar na qualidade da frota e cumprimento dos horários. Até extinção de linhas já detectamos.

Você é presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal, certo? Quais foram as ações até o momento?

Tenho fiscalizado e contado com o apoio do membro e relator da comissão, o vereador Helder Rangel tem sido um braço forte nessas fiscalizações. Vamos de madrugada e durante o dia nos pontos de ônibus do município verificar se as empresas estão cumprindo os horários. Essa é uma reclamação que chega muito pra gente. Fazemos algumas ações também conversando com a população na rua, e temos enviado diversos ofícios ao Detro e a Prefeitura com as demandadas que chegam até nós. Temos dialogado muito com o poder executivo discutindo projetos e apresentando soluções que muito em breve esperamos que sejam implementados.

Como tem sido a aceitação da população em relação ao trabalho? Eles têm sentido a mudança? Abraçado a ideia?

Os moradores não aguentam mais esse sofrimento. São anos sem transporte digno. Tenho recebido bastante apoio nas ações. O pessoal tá engajado. É bom ver isso, o transporte é para todos, isso é direito dos moradores.

Existem lugares em Mangaratiba que não tem transporte?

Existem, o que é muito ruim para os moradores. Depois das 17h, pra Conceição de Jacareí não tem mais ônibus. Ingaíba, Batatal e Vale do Sahy tem poucas opções. Serra do Piloto e Junqueira, somente em alguns horários. Saindo de Itacuruçá, Muriqui e Itaguaí para o centro de Mangaratiba são as piores linhas.

Como essas pessoas chegam até em casa e ao trabalho?

É sempre muito difícil. A opções tem sido vans que precisam de regulamentação e carro de passeio “lotada”. Muita gente que está desempregada tem prestado esse serviço como forma de sustento. Em alguns lugares também Mototáxi e Kombi.

Quando falamos de Transportes, também há de se falar sobre a qualidade das vias. Você tem atuado para melhorias das ruas e estradas da cidade?

Desde o começo do mandato. Já enviei ofícios ao Dnit e obtivemos êxito. Fizeram reformas nos túneis de Itacuruçá e do Sahy. A ponte do Rio do Saco também que foi reformada após cobrarmos por ofício e pessoalmente. Quando aconteceu a queda da estrada da Serra do Piloto, eu estive com o governador da época, e pedi para que fosse feito o reparo no local. Logo depois iniciaram e entregaram para a população. Aquele buraco, que formou também em Ibicuí, ficou interditado por muito tempo, depois de cobrar bastante conseguimos a obra. A do Axixá, estamos cobrando, enviando ofícios, indicações e fiscalizando pessoalmente com a comissão.

Tem sido boa a relação do Governo do Estado em atender o município?

 Tenho contado muito com o apoio do deputado estadual Jorge Felippe Neto. Desde o início, lá com a Expresso, ele se colocou ao nosso lado, intermediando as reuniões junto aos órgãos estaduais e cobrando. Temos pedido ajuda em relação a construção de terminais rodoviários e também solicitando mais fiscalização nos horários das linhas. Tem sido positiva a aproximação.

Quais as maiores dificuldades para solução dos problemas no transporte?

É muito difícil o trabalho no poder público. Na maioria das vezes não acontece da forma que desejamos, e com a velocidade que demanda o problema. Não acontece como na nossa casa, que falta alguma coisa e vamos no mercado comprar. A burocracia em nosso país torna os processos morosos, sem contar nos trâmites legais, que devemos respeitar. A discussão do projeto passa por diversas fases, na prefeitura, nas secretarias, na câmara com as comissões, até ser aprovado e implementado. No caso de Mangaratiba, acredito que as trocas de prefeito atrapalharam um pouco, o que tínhamos desenhado pra solucionar o problema. Voltamos diversas vezes a “estaca zero”, porque cada gestor pensa de uma forma.

Qual a solução mais viável para resolver de uma vez por todas esses problemas?

Temos apresentado diversos caminhos, mas cabe ao executivo decidir qual melhor opção. Temos discutido um plano de mobilidade urbana. Já propomos regulamentação das vans, defendemos o cumprimento da lei 989 de 2016, que pode acontecer licitando as linhas, criação de uma autarquia para o transporte, entre outras. Tenho feito indicações e ofícios pedindo a construção de Terminais rodoviários na Praia do Saco, e em Conceição de Jacareí. Tenho me posicionado firmemente sobre ter uma autonomia maior municipal. Precisamos ter um transporte que o próprio município possa fiscalizar e ser protagonista.

Qual seria a sua visão do Transporte ideal?

Nosso sonho de transporte é com um bom plano de mobilidade urbana. Ônibus com energia sustentável, elétricos, gerando menos custos a longo prazo e poluindo menos o meio ambiente. Construir ciclovias para bicicletas e patinetes elétricos. Uma integração de transporte marítimo com o transporte terrestre. Nós temos uma grande população nas ilhas, precisamos de um plano que atenda a todos. Viabilizar a ampliação do trem, já temos os trilhos, podíamos ampliar até Mangaratiba, como já funcionou no passado. Tem diversas formas de entregarmos um bom transporte. Precisamos é de mais ação, precisamos fazer acontecer na prática. A população de Mangaratiba merece. Tenho fé que conseguiremos dar uma grande reviravolta!

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!