sábado, outubro 16, 2021
InícioSem categoriaDefesa de Miriam Pacheco nega denúncia da ex-vereadora pelo MP

Defesa de Miriam Pacheco nega denúncia da ex-vereadora pelo MP

CORREÇÃO

Em relação à matéria “Justiça determina prisão preventiva de quatro ex-vereadores de Itaguaí”, publicada pelo ATUAL, sobre a prisão preventiva decretada de quatro ex-vereadores da cidade, a banca Marcos Barros Espínola Advogados Associados, que representa a ex-vereadora Miriam Pacheco, declara que diferentemente da afirmação veiculada na matéria, Miriam Pacheco não foi denunciada pelo Ministério Público, sendo, portanto, equivocada a informação.

De acordo com o advogado Marcos Espínola, titular da banca, a menção é, não só errônea, como gravemente prejudicial à sua cliente, denegrindo sua imagem e arranhando significativamente sua reputação. Para o advogado, em tempos de fake news, a informação, que não condiz com a verdade, carece de uma retratação imediata, buscando a reparação do fato mencionado em prol

CORREÇÃO

Em relação à matéria “Justiça determina prisão preventiva de quatro ex-vereadores de Itaguaí”, publicada pelo ATUAL, sobre a prisão preventiva decretada de quatro ex-vereadores da cidade, a banca Marcos Barros Espínola Advogados Associados, que representa a ex-vereadora Miriam Pacheco, declara que diferentemente da afirmação veiculada na matéria, Miriam Pacheco não foi denunciada pelo Ministério Público, sendo, portanto, equivocada a informação.

De acordo com o advogado Marcos Espínola, titular da banca, a menção é, não só errônea, como gravemente prejudicial à sua cliente, denegrindo sua imagem e arranhando significativamente sua reputação. Para o advogado, em tempos de fake news, a informação, que não condiz com a verdade, carece de uma retratação imediata, buscando a reparação do fato mencionado em prol do compromisso com a verdade e justiça para com uma cidadã que teve seu nome atrelado a uma denúncia inexistente.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!