quarta-feira, janeiro 26, 2022
InícioSem categoriaClubes do Rio buscam alternativas para retorno aos treinos

Clubes do Rio buscam alternativas para retorno aos treinos

Após o fim das férias coletivas de equipes de futebol do Brasil, que terminam nesta quinta-feira (30), aumentam as expectativas de que os clubes retornem às suas atividades após o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas obedecendo a uma série de restrições.
Buscando estabelecer um caminho a ser seguido pelas equipes brasileiras no atual contexto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Comissão Nacional de Clubes (CNC), órgão estatutário da CBF e de atuação independente, se reuniram por videoconferência na última terça-feira (28).
De acordo a nota emitida pela CBF após o evento, considerando “o fim das férias coletivas dos atletas no próximo dia 30 de abril, ficou definido, por unanimidade, que cada clube, avaliando o cenário, poderá retomar os treinamentos de seu respectivo plantel”. Após o encontro, as quatro principais equipes do Rio de Janeiro começam a buscar alternativas para retornar ao trabalho.
O Fluminense anunciou na sua página oficial que, “a partir do dia 2 de maio, o elenco profissional do clube irá retomar os treinos e iniciar uma inter temporada virtual sob orientação da comissão técnica (preparadores físicos, fisiologistas, médicos e demais membros do Departamento de Futebol), que montou um cronograma de atividades”.
Segundo o tricolor das Laranjeiras, “os treinos serão retomados de forma virtual e permanecerão assim até que o Fluminense entenda que as condições de retorno sejam suficientemente seguras e até que as autoridades governamentais nos âmbitos nacional e/ou estadual, autorizem o retorno presencial de treinos e jogos com todas as garantias de saúde e jurídicas”.
O Botafogo também pensa na possibilidade de os jogadores realizarem atividades em casa. Ao ser questionado pela Agência Brasil sobre a possibilidade do retorno das atividades, o presidente Nelson Mufarrej disse que “a prioridade é preservar atletas e funcionários sem estar alheio ao que acontece na sociedade. A saúde fica em primeiro plano”.
Já o presidente do Vasco, Alexandre Campello, informou que é fundamental um posicionamento do governo do estado. “Se o governador liberar, o Vasco volta aos treinos. Ele já está com tudo pronto para isso”.

Na noite de quarta-feira (29), em entrevista a FlaTV, o Dr. Marcio Tannure, chefe do departamento médico do futebol Flamengo, falou sobre as medidas de segurança que estão sendo adotadas pelo clube para o retorno às atividades do futebol. A entrevista pode ser conferida no site oficial do clube.
Visando o fato que os clubes caminham para o reinício das atividades, a Federação de Futebol do Estado Rio de Janeiro (Ferj) preparou, segundo o seu presidente, Rubens Lopes, diretrizes de biossegurança para a volta aos treinos, o protocolo “Jogo Seguro”.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!