domingo, novembro 28, 2021
InícioItaguaíChaperó viveu sábado cultural

Chaperó viveu sábado cultural

Quem passou pela Praça CEUs, em Chaperó, no último sábado (16), aproveitou uma programação de atividades gratuitas do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos, que tem o patrocínio da Vale e apoio do Ministério da Cidadania.

A 7ª edição do projeto em 2019 contou com intérpretes de Libras. As jovens Thais Martins e Thaisa Claudia fizeram a tradução em Libras durante todo o evento. “Conheci a Língua Brasileira de Sinais há sete anos. E eu acredito que é fundamental a acessibilidade nos contextos informais de educação, uma vez que possibilitará o surdo a ter contato com as diversas formas de expressões artísticas e se constituir um cidadão crítico, cada vez mais reflexivo e consciente da realidade que vive, além de fortalecer a aquisição cultural. Para mim, a participação no evento foi de grande valia, porque me possibilitou

Quem passou pela Praça CEUs, em Chaperó, no último sábado (16), aproveitou uma programação de atividades gratuitas do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos, que tem o patrocínio da Vale e apoio do Ministério da Cidadania.

A 7ª edição do projeto em 2019 contou com intérpretes de Libras. As jovens Thais Martins e Thaisa Claudia fizeram a tradução em Libras durante todo o evento. “Conheci a Língua Brasileira de Sinais há sete anos. E eu acredito que é fundamental a acessibilidade nos contextos informais de educação, uma vez que possibilitará o surdo a ter contato com as diversas formas de expressões artísticas e se constituir um cidadão crítico, cada vez mais reflexivo e consciente da realidade que vive, além de fortalecer a aquisição cultural. Para mim, a participação no evento foi de grande valia, porque me possibilitou entrar em contato com a cultura local de Itaguaí e com diversos grupos com interessantes iniciativas de conscientização social”, enfatizou a tradutora Thaisa Claudia de Oliveira Rosa.

Os moradores de Chaperó conferiram apresentações de música da Corporação Musical Maestro Ilson de Lima (Commil) junto com os alunos das escolas municipais Prefeito Abeilard Goulart de Souza, Professora Elmira Figueira e Vereador Galliaço Prata, que fazem parte do Eixo 2 do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos. O evento ainda contou com teatro interativo do grupo Despertando, feira de artesanato com o projeto Itaguaí Art’s e gastronomia, além de roda de crochê, ministrada pela Associação Olho na Arte, que tem o objetivo de confeccionar gorros que serão doados para uma instituição ainda a ser definida.

Já as crianças participaram de oficina de pintura de rosto com o grupo Zóio da Arte, curtiram a apresentação do mágico Diran e o espetáculo circense elaborado por alunos da E.M Professora Severina Dos Ramos de Sousa, em Coroa Grande, durante as oficinas da Turma em Cena, por meio do Eixo 2 do projeto.

O público também assistiu o “Cineminha”, que apresenta os vídeos das edições anteriores do projeto e filmes produzidos por alunos das escolas municipais que receberam o Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos, através do projeto Ativa Escola.

A última edição do Projeto Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos acontece no dia 14 de dezembro, a partir das 10h, na Praça Elvira Cicarino, nos Prédios em Vila Margarida.

Em 2018, por 10 meses, o Projeto Ativação Cultural Itaguaí 200 Anos, com o patrocínio da Vale e em parceria com o então Ministério da Cultura, levou diversas atividades culturais gratuitas para diferentes pontos da cidade homenageando e contando a história do bicentenário de Itaguaí.  Em maio deste ano, agora com o nome “Ativação Cultural Itaguaí 201 Anos”, o projeto voltou com as ações culturais, seguindo nas praças e nas escolas do município, até dezembro, desenvolvendo trabalhos de música, teatro e dança, além de fomentar o artesanato local com capacitações semanalmente.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!