quinta-feira, outubro 21, 2021
InícioItaguaíCentro Cultural de Itacuruçá passa por revitalização

Centro Cultural de Itacuruçá passa por revitalização

O Centro Ferroviário de Cultura Odejaime de Hollanda Ferreira (CEFEC), em Itacuruçá, passa por grande reforma. A secretaria de Obras de Mangaratiba iniciou o conserto do telhado, pintura geral, recuperação de portas e janelas e manutenção da parte elétrica e hidráulica. De acordo com a secretaria a estrutura do equipamento cultural estava com problema de infiltração. A secretaria informou ainda que o local ainda ganhará uma iluminação artística. Segundo Elizabeth Antunes, presidente da Fundação Mario Peixoto, responsável pelo equipamento, por abrigar salas de exposições e uma biblioteca com mais de seis mil livros, o local necessitava da manutenção para conservação de todo acervo. “Este local abriga toda uma memória afetiva dos moradores e visitantes de Itacuruçá. A intenção é revitalizar o espaço para melhor conservação

O Centro Ferroviário de Cultura Odejaime de Hollanda Ferreira (CEFEC), em Itacuruçá, passa por grande reforma. A secretaria de Obras de Mangaratiba iniciou o conserto do telhado, pintura geral, recuperação de portas e janelas e manutenção da parte elétrica e hidráulica. De acordo com a secretaria a estrutura do equipamento cultural estava com problema de infiltração. A secretaria informou ainda que o local ainda ganhará uma iluminação artística.

Segundo Elizabeth Antunes, presidente da Fundação Mario Peixoto, responsável pelo equipamento, por abrigar salas de exposições e uma biblioteca com mais de seis mil livros, o local necessitava da manutenção para conservação de todo acervo. “Este local abriga toda uma memória afetiva dos moradores e visitantes de Itacuruçá. A intenção é revitalizar o espaço para melhor conservação e oferecer um local de qualidade para visitação da população”.

Além da Biblioteca, o Centro Cultural possui uma sala com uma exposição permanente com fotos e peças antigas como: carimbo das passagens da época de funcionamento da Estação Ferroviária, telégrafo e sino datado de 1880, com selo de Dom Pedro II. No próximo dia 30 será inaugurada a sala de Exposição Maria Concilia Marques Kede, pintora e antiga moradora de Itacuruçá, que faleceu no ano de 2018. As obras de Concilia marcam paisagens do distrito que morou por muitos anos.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!