quinta-feira, outubro 21, 2021
InícioSem categoriaCâmara de Itaguaí aprova projeto de táxi compartilhado

Câmara de Itaguaí aprova projeto de táxi compartilhado

PROJETO APROVADO O movimento formado por taxistas de Itaguaí comemorou a aprovação, por unanimidade, do Projeto de Lei nº 3667/18, que dispõe sobre o sistema de táxi compartilhado no município.  O projeto de autoria do vereador Ivan Charles (PSB), ganhou apoio dos demais parlamentares e foi aprovado durante a sessão desta terça-feira (28) da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI).

O vereador Ivan Charles comemorou a aprovação do projeto  e agradeceu aos vereadores e aos taxistas pela luta da categoria. “É um projeto muito importante não só para os taxistas, mas também para a nossa população e para o aumento da arrecadação do município. Com a chegada da Uber na cidade os taxistas perderam espaço. A classe vem sofrendo para manter o sustento da família. O táxi compartilhado vem para enriquecer e melhorar a qualidade de vida dos taxista

PROJETO APROVADO O movimento formado por taxistas de Itaguaí comemorou a aprovação, por unanimidade, do Projeto de Lei nº 3667/18, que dispõe sobre o sistema de táxi compartilhado no município.  O projeto de autoria do vereador Ivan Charles (PSB), ganhou apoio dos demais parlamentares e foi aprovado durante a sessão desta terça-feira (28) da Câmara Municipal de Itaguaí (CMI).

O vereador Ivan Charles comemorou a aprovação do projeto  e agradeceu aos vereadores e aos taxistas pela luta da categoria. “É um projeto muito importante não só para os taxistas, mas também para a nossa população e para o aumento da arrecadação do município. Com a chegada da Uber na cidade os taxistas perderam espaço. A classe vem sofrendo para manter o sustento da família. O táxi compartilhado vem para enriquecer e melhorar a qualidade de vida dos taxistas. Vamos esperar que o prefeito sancione essa lei que já existe nas grandes cidades deste país”, ressaltou.

Desde junho os taxistas da cidade protestavam pacificamente contra o transporte pirata que vem crescendo nos últimos anos em Itaguaí. Segundo os profissionais do volante, a classe vem sendo prejudicada com o aumento de veículos piratas que fazem o transporte, passando-se por Uber.

Na ocasião, o manifesto chegou à CMI e ganhou apoio do vereador Ivan Charles, que fez a indicação do projeto de táxi compartilhado. Segundo o projeto, o Poder Executivo implantará o sistema de táxi compartilhado como forma alternativa de utilização do táxi comum, cujo objetivo é usar um novo modelo de tarifação divididas entre os passageiros em rotas a serem pré-definidas. O projeto agora seguirá para o chefe do Poder Executivo, que terá 15 dias para sancionar ou vetar.

REQUERIMENTO APROVADO

Durante a sessão também foi aprovado um requerimento de informação direcionado ao prefeito Carlo Busatto Junior (MDB), o Charlinho, de autoria do vereador André Amorim (PR). O documento questiona os altos salários dos procuradores do município. Segundo o vereador, os candidatos que prestaram concurso para o cargo de advogado foram nomeados procuradores e estão recebendo um salário de R$ 26.776,00 cada um. No requerimento de informação, o parlamentar quer saber, por exemplo, quantos são os procuradores, assessores jurídicos e advogados da prefeitura atualmente em exercício. Ele pede ainda que sejam informados os nomes e os números de matrícula de cada um deles, bem como a data de ingresso nos quadros da prefeitura. André Amorim também quer saber o valor de vencimentos mensalmente recebidos, incluindo salários, honorários e quaisquer outros proventos ou vencimentos que tenham recebido desde o ingresso nos quadros da prefeitura em carreira jurídica. “Esse salário pago aos procuradores é 20 vezes maior do que aqueles correspondentes aos cargos para o qual fizeram o concurso. Por ano, são gastos cerca de R$ 3 milhões com salários pagos aos servidores. Esse dinheiro poderia ser aplicado na saúde, educação e segurança do município”, destacou.

PRIORIDADE À PESSOA COM DEFICIÊNCIA

A lei que dispõe sobre a afixação de placas indicativas de atendimento prioritário com símbolo mundial do transtorno espectro autista no âmbito municipal, de autoria do vereador Willian Cezar (PSB), foi outra aprovada por unanimidade. “A Tradicional Placa do Atendimento prioritário, ganha um novo símbolo. A partir de agora constará também um laço colorido feito de quebra-cabeças, referindo-se ao Símbolo Mundial do Transtorno Espectro Autista. A Lei de nº 3.665/2018 seguirá para o Executivo e após sua sanção, prosseguiremos na luta por uma sociedade mais igualitária”, explicou.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!