quarta-feira, dezembro 1, 2021
InícioSem categoriaCâmara de Itaguaí aprova mensagem para criação do Pronai

Câmara de Itaguaí aprova mensagem para criação do Pronai

PROJETO
Uma boa notícia para os artesãos de Itaguaí. A Câmara Municipal da cidade aprovou, nesta terça-feira (30), mensagem, em caráter de urgência, encaminhada pelo Poder Executivo, para a criação e regulamentação do Programa de Desenvolvimento do Artesanato de Itaguaí (Pronai).

De acordo com o projeto, ficará a cargo da Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Casa de Cultura e da Coordenação de Artesanato, a implantação do desenvolvimento do programa. Poderão se cadastrar no Pronai todos os artesãos de Itaguaí. Ainda de acordo com o projeto, caberá à Casa de Cultura promover a intermediação da venda dos produtos e criar espaços permanentes para a oferta dos produtos destinados a comercialização. O projeto destaca que poderão ser firmados convênios com órgãos da administração direta, indireta, municipais, estaduais e f

PROJETO

Uma boa notícia para os artesãos de Itaguaí. A Câmara Municipal da cidade aprovou, nesta terça-feira (30), mensagem, em caráter de urgência, encaminhada pelo Poder Executivo, para a criação e regulamentação do Programa de Desenvolvimento do Artesanato de Itaguaí (Pronai).

De acordo com o projeto, ficará a cargo da Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Casa de Cultura e da Coordenação de Artesanato, a implantação do desenvolvimento do programa. Poderão se cadastrar no Pronai todos os artesãos de Itaguaí. Ainda de acordo com o projeto, caberá à Casa de Cultura promover a intermediação da venda dos produtos e criar espaços permanentes para a oferta dos produtos destinados a comercialização. O projeto destaca que poderão ser firmados convênios com órgãos da administração direta, indireta, municipais, estaduais e federais, bem como entidades públicas ou privadas interessadas em participar do programa.

Objetivos

O Pronai terá os seguintes objetivos: cadastramento dos artesãos e entidades voltadas para o artesanato do município; qualificação profissional dos artesãos por meio de cursos e seminários; criação de espaços de comercialização locais, regionais e estaduais; profissionalização dos artesãos de modo a tirá-los do trabalho informal; criação do espaço Casa do Artesão de Itaguaí.

Importância

O vereador Waldemar Ávila (PHS) ressaltou a relevância do projeto para os artesãos de Itaguaí, uma reivindicação antiga dos parlamentares. Ele aproveitou para solicitar ao Executivo a reabertura dos banheiros do Parque Municipal, tanto para os artesãos, quantos para os feirantes. “Talvez agora, com a realização de dois eventos na área do parque, poderá haver mais um pouco de dignidade para os feirantes com a reabertura dos banheiros, caso a minha indicação seja concretizada. São pessoas que chegam às 4h da manhã e ficam até às 16h. Alguns grupos que fazem atividades na área do Parque Municipal já utilizam os banheiros. É desejável que posteriormente eles possam atender também os feirantes”, disse o parlamentar.

A mensagem foi aprovada com os votos contrários dos vereadores Gil Torres (PTN), Vinicius Alves (PRB) e Rubem Vieira (PTN) e seguirá os trâmites do Legislativo até ser encaminhada ao chefe do Executivo.

Já a mensagem sobre o orçamento da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2019, também encaminhada pelo Poder Executivo, com pedido de urgência, foi rejeitada. O primeiro a declarar voto contrário à mensagem foi o vereador Genildo Gandra (PDT). “É difícil votar o orçamento municipal em caráter de urgência. Eu discordo do líder de governo, vereador Sandro da Hermínio, quando diz que a urgência é para agilizar a matéria, quando, na verdade, não é. Hoje as comissões são todas do governo, ou seja, em três sessões a matéria será aprovada. No caso da primeira mensagem de urgência, votei a favor por se tratar de um projeto que vai ajudar muitas pessoas que vivem do artesanato, mas em relação ao orçamento não. O orçamento tem que tramitar normalmente na casa para a gente poder ler, estudar e ver se cabem emendas ou não”, declarou Genildo Gandra.

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!