Serviços públicos na Ilha Grande são temas de audiência pública

A situação precária dos povos tradicionais da Baía da Ilha Grande foi tema de uma audiência pública realizada na sexta-feira (14) pela Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O encontro, na Câmara Municipal de Angra dos Reis, cobrou das autoridades e de empresas concessionárias a prestação adequada de serviços públicos para a população quilombola e caiçara da região.

Durante vistorias e reuniões realizadas previamente pela comissão junto à população tradicional, foi verificada a falta de serviços básicos como saneamento, fornecimento de água e energia elétrica, atenção à saúde, educação e transporte público. Também foi apresentado, durante o evento, o projeto “Universidade do Mar”, elaborado pelo Instituto de Ecodesenvolvimento da Baía de Ilha Grande (IED-BIG), que prevê a implantação de atividades de capacitação voltadas para essas comunidades, incluindo aquicultura, turismo, mergulho e cursos universitários.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Redação

O Jornal Atual atua desde 2001 nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica, bem como em parte da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, abordando o cotidiano da região e prestando serviço à comunidade da qual está inserida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
/* */