terça-feira, dezembro 7, 2021
InícioItaguaíSeminário virtual vai discutir ações conjuntas na Baixada Fluminense

Seminário virtual vai discutir ações conjuntas na Baixada Fluminense

REFLEXÃO CONJUNTA A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e a Associação dos Amigos do Instituto Histórico promovem, de 27 a 30 de abril, o 4º Seminário de Estudos Contemporâneos sobre a Baixada Fluminense, iniciativa com o objetivo de consolidar a discussão sobre ações coletivas baseadas em estudos contemporâneos sobre a região.
Segundo os organizadores, a ideia é refletir sobre a atual conjunta econômica e política a região está submetida, especialmente neste período de pandemia. Levando em conta que atualmente além da grave questão sanitária há também uma profunda crise econômica, política e institucional em diferentes escalas, as mesas de debates prometem centrar atenção nas questões inerentes àBaixada, sem deixar de refletir sobre asituação do Brasil como um todo.
O seminário vai buscar articulações entr

REFLEXÃO CONJUNTA A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e a Associação dos Amigos do Instituto Histórico promovem, de 27 a 30 de abril, o 4º Seminário de Estudos Contemporâneos sobre a Baixada Fluminense, iniciativa com o objetivo de consolidar a discussão sobre ações coletivas baseadas em estudos contemporâneos sobre a região.

Segundo os organizadores, a ideia é refletir sobre a atual conjunta econômica e política a região está submetida, especialmente neste período de pandemia. Levando em conta que atualmente além da grave questão sanitária há também uma profunda crise econômica, política e institucional em diferentes escalas, as mesas de debates prometem centrar atenção nas questões inerentes àBaixada, sem deixar de refletir sobre asituação do Brasil como um todo.

O seminário vai buscar articulações entre as diferentes instituições sediadas na Baixada Fluminense, incluindo grupos de pesquisa, movimentos sociais, gestores públicos, estudantes e professores, no sentido de compartilhar e solidificar suas pesquisas e temas de interesses sobre os estudos regionais e territoriais que abarquem a realidade territorial Baixada Fluminense.

Com o intuito de fortalecer essa articulação, e para além das mesas de debate, o evento contará também com a apresentação de trabalhos. Estes serão divididos e estruturados em cinco eixos, seguindo uma filiação temática: Questão Urbana, Questão Econômica, Questão Ambiental, História e Cultura Regional, Educação e Produção Social do Conhecimento; e Território e Saúde.

Diagnóstico acentua características da região

Segundo comentário dos organizadores em publicação no site da UFRRJ, a Baixada Fluminense é conhecida pela representação de pobreza, altos índices de violência e baixos indicadores sociais, num cenário que vem passando por profundas transformações, que incluem desde questões da esfera política até o aparecimento de novos investimentos na região, seja no ramo imobiliário, seja no industrial.

Em sua avaliação, há o destaque para o fato de que não se pode ignorar as dinâmicas culturais que se expandem através da criação de grupos de dança, música, teatro, entre outros, até a consolidação de instituições de pesquisa sobre a história da região, cujo as ações reverberam o pulsar sócio-político da Baixada. Eles acrescentam que para além destas questões, verifica-se também a consolidação e expansão de centros de educação superior na Baixada e, concomitante a isto, presença de pesquisadores que incorporam temáticas e questões diversas dessa área em suas agendas. Contudo, percebemos a necessidade de articulação destas iniciativas com a finalidade de reunir as contribuições das pesquisas sobre essa Baixada contemporânea e também de construção de pautas propositivas para questões e demandas regionais, respeitando as singularidades municipais”, acentuam eles, na apresentação do seminário.

Mais informações sobre a programação podem ser obtidas pelo email secbaixadafluminense@gmail.com

Veja mais de:
Matérias relacionadas
- Advertisment -

Mais lidas

error: O conteúdo está protegido!